25 de julho de 2014

Resenhando Filme: Planeta dos Macacos: O Confronto

Título: Planeta dos Macacos: O Confronto (Dawn of the Planet of the Apes)
Direção: Matt Reeves
Gênero: Ficção
Duração: 130 minutos
Lançamento: 24/07/2014
Uma crescente nação de primatas geneticamente modificados e liderados por Cesar é ameaçada pelos sobreviventes humanos de uma alarmante epidemia viral desencadeada há uma década. O momento de paz em que se encontram está fragilizado e dura pouco, quando os dois lados são levados à beira de uma guerra que determinará quem será a espécie dominante da Terra.


Podemos ver o mundo ambientado 15 anos após A Origem, a humanidade passou por várias calamidades e os macacos evoluíram criando uma comunidade perfeita, mas, quando os até então extintos humanos reaparecerem os pilares dessa comunidade começam a ceder e podemos ver que nem tudo era tão perfeito assim.

Cesar foi criado por um homem bom e por isso sabe que nem todos os humanos são ruins, mas, nem todos os macacos remanescentes na comunidade pensam dessa forma, principalmente os que foram maltratados por humanos. Ao decidir ajudar os humanos a conseguir o que eles precisavam, sua relação com a comunidade fica um pouco estremecida principalmente com Koba, que não confia e matem um ódio mortal dos humanos por ter sido maltratado.

A evolução trouxe muito e inegáveis benéficos para os macacos, mas, podemos ver que evolução tornou os macacos tão parecidos o quanto com o humano. E Koba é a prova disso, quando ele foge completamente dos princípios criados pelos macacos, age dissimuladamente, é egoísta e engana a todos. Toda a situação da comunidade me lembrou do livro de George Orwell A Revolução do Bichos.

Os humanos são a "causa" dos problemas para a comunidade símio, mas, foi legal os ver trabalhando em conjunto. Humanos esses que mesmo não tendo grande importância e destaque ainda se destacam na trama, Malcolm e seu filho Alexander, foram de longe os personagens que mais agradáveis. 

O filme aborda temática seria como preconceito, corrupção, a degradação social, traição, mas ainda assim tem seus momentos de tons mais leve e suas cenas de alívio cômico são bem legais. Mas ainda ficou aquele sentimento de que faltava algo, talvez por ser um filme intermediário fazendo apenas alusão ao que está por vir sem nenhum ponto de conclusão Planeta dos Macacos: O Confronto acabe perdendo um pouco de seu encanto. 

P.S. Os efeitos visuais do filme são ótimos, os macacos parecem ser bem mais reais de que o Origem. 
P.S. 2 Temos James Franco no filme Senhoras e Senhores!! 

Classificação:

Já viram o filme? Gostaram? Deixem sua opinião!!
Até mais guys XO

Nenhum comentário:

Postar um comentário