8 de agosto de 2014

Resenha: Almanova - Jodi Meadows

Título: Almanova (Incarnate)
Série: Newsoul #1
Autor: Jodi Meadows
Editora: Valentina
Ano: 2013
Páginas: 288
ALMANOVA Ana é nova. Por milhares de anos, no Range, milhões de almas vêm reencarnando, num ciclo infinito, para preservar memórias e experiências de vidas passadas. Entretanto, quando Ana nasceu, outra alma simplesmente desapareceu... e ninguém sabe por quê.
SEM-ALMA A própria mãe de Ana pensa que a filha é uma sem-alma, um aviso de que o pior está a caminho, por isso decidiu afastá-la da sociedade. Para fugir deste terrível isolamento e descobrir se ela mesma reencarnará, Ana viaja para a cidade de Heart, mas os cidadãos de lá temem sua presença. Então, quando dragões e sílfides resolvem atacar a cidade, a culpa deverá recair sobre...
HEART Sam acredita que a alma nova de Ana é boa e valiosa. Ele, então, decide defendê-la, e um sentimento parece que vai explodir. Mas será que poderá amar alguém que viverá apenas uma vez? E será também que os inimigos – humanos ou nem tanto -- de Ana os deixarão viver essa paixão em paz? Ana precisa desvendar grandes segredos: O que provocou tal erro? Por que ela recebeu a alma de outra pessoa? Poderá essa busca abalar a paz em Heart e acabar por destruir a certeza da reencarnação para todos?
Aos cinco anos Ana descobriu que ela não tinha renascido ela era uma sem alma e que esse era o motivo de sua mãe Li a desprezar tanto e seu pai Menehem ter abandonado a sua família. Aos Dezoito anos Ana resolve sair de casa e ir para cidade de Heart para tentar descobrir por que ela nasceu. Mas Ana acaba em apuros e é nesse momento que ela conhece Sam, que a socorre e promete ajuda-la a descobrir por que ela nasceu.

— Quem sou eu? — Foram as primeiras palavras que falei.
— Ninguém — respondeu ela. — Uma sem-alma.
Ana é uma garota inocente, por ter sido criada de forma desprezível se sente diminuída a ponto de acreditar que ela não pode ter sentimentos e ter vontades, ainda por sua má criação Ana não consegue confiar em ninguém, mesmo quando a salvam de problemas algumas vezes. Ana anseia por descobrir o motivo de ter nascido e ocupado o lugar Ciana e ainda esclarecer sua maior duvida ela renascerá ou não? 
— Uma sem-alma não precisa ter as próprias coisas. — Baixei o rosto.
— Como assim?
— Eu disse — ergui os olhos para fitá-lo — que uma sem-alma não precisa ter as próprias coisas, se ela apenas vai viver uma vida.
Podemos ver que seu relacionamento com Sam é construído gradualmente, iniciando pela gentileza ao ajudá-la, mesmo, descobrindo quem ela é e por sua falta de gratidão, os momentos na cabana que são uns ótimos e vemos Ana começar a ceder ao notar que nem todos são monstros como Li desenhava. E assim vemos os sentimentos dos dois aflorar.
— Acabo de pensar num nome para sua valsa.
Esperei.
— Quero dizer, se você gostar. Nós sempre podemos mudar. — A voz dele tremeu, provavelmente por que fora uma manhã terrível, mas imaginei que ele queria minha aprovação. — Ana Incarnate.
Sam é um grande musicista, esse é o dom dele, mas diferente das outras almas da cidade de Heart, ele não fica satisfeito apenas com seu dom, a cada nova vida ele tenta aprender algo novo e tenta criar um novo projeto, mas ele sempre acaba morrendo e deixando o projeto inacabado e por isso ele é motivo de chacota para as pessoas da cidade.

Ana não foi tão bem recebida quanto esperava ser ao chegar a cidade de Heart, os membros do conselho não a queriam zanzando pela cidade e para conseguir que Ana pudesse ficar na cidade Sam se comprometeu em ser o seu mentor. Durante sua estadia na cidade Ana conhece várias pessoas umas são agradáveis, porém, outras nem tanto. A cidade de Heart vive sendo atacada por dragões e sílfides e os ataques estão cada vez mais frequentes e quando a cidade sofre um grande ataque, segredos são revelados.

Eu definitivamente amei a Ana e o Sam acho que eles se completam eles são almas gêmeas assim como Tera e Ash e falando nelas duas mais que casal lindo!! Li e Meuric são dois personagens desprezíveis, tem vilões que amamos mas, esses dois eu odeio. 

Almanova foi um dos melhores livros que li nesse ano, simplesmente não consegui parar de ler. Jodi tem uma escrita tão envolvente e seus personagens são tão bem construídos e carismáticos (menos Li e Meuric :D) que é difícil não se envolver na história. Além da capa linda a sinopse do livro me interessou muito, por isso resolvi comprar o livro e posso dizer que não me arrependo, alias, me arrependo, de ter lido o livro tão rápido quando a sequência ainda não saiu. 

A editora Valentina está mais que de parabéns a diagramação do livro está perfeita, amei as páginas de capítulos, sem falar da holografia que harmonizou perfeitamente com a proposta da capa.

Classificando:

4 comentários:

  1. Essa capa é maravilhosa mesmo, assim como a da sequência. Estou louca para ser esse livro, mas não vai ser bom quando eu enlouquecer desejando a Almanegra lol Gosto de livros assim, com uma temática diferente, para sair um pouco do habitual que é um triângulo amoroso, mocinha indefesa, etc...
    Blog | Paixonites Literárias Xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom o que mais me agradou foi o fato de ser um tema que nunca li antes. E achei muito bom não ter rolado um triângulo amoroso, prefiro os casais que sofrem antes de ficar realmente juntos!!! Triângulos amorosos sempre divide as fã bases!!

      Obrigado por comentar PL ♥

      Excluir
  2. Tenho esse livro. Já estava na minha lista de próximos livros para ler, mas ter lido a sua resenha fez com que eu empurrasse ele para o topo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh ele é lindo demais, você não vai se arrepender! A não ser que a Valentina demore mais em laçar o próximo livro!!

      Excluir