14 de setembro de 2014

Resenha: Como Eu Era Antes de Você - Jojo Moyes

Título: Como Eu Era Antes de Você (Me Bofore You)
Autor: Jojo Moyes
Editora: Intrínseca
Ano: 2013
Páginas: 320
Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Trabalha como garçonete num café, um emprego que não paga muito, mas ajuda nas despesas, e namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe.
Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Tudo parece pequeno e sem graça para ele, que sabe exatamente como dar um fim a esse sentimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.

Romance não é meu gênero literário predileto, mas, esse ano decidi sair de minha área de conforto e ler ao menos um livro nesse estilo e definitivamente Como Eu Era Antes de Você foi a melhor escolha que já fiz.

Lou não tem ambições futuras, vive estagnada e aceita todas as privações por sua família e namorado, mas, isso começa a mudar quando ela começa a trabalhar para Will, um homem que afastou todos de perto de si e não aceita seu estado de vida atual.
— E o que você quer?
— O que eu quero o que?
— Da vida?
Pisquei
— Isso é um pouco íntimo, não?
— O que você que no geral. Não estou pedindo para se autoanalisar. Só estou perguntando o que você quer. Casar? Ter alguns pestinhas? Sonha com alguma profissão? Gostaria de viajar pelo mundo? Fez-se uma longa pausa.
Acho que eu sabia que minha resposta o desapontaria mesmo antes de eu dizer aquelas palavras.
— Não sei. Nunca pensei nisso.
Trabalhar com Will não foi fácil para Lou, Will a humilhava, era grosso, dificultava a vida dela de todas as formas e ela não pensou apenas uma vez em largar o emprego, mas ela pensava na família que precisava do bom salário que ela recebia para se manterem. Lou contava com a ajuda de Nathan o enfermeiro de Will, ele controlava toda a medicação e necessidades de Will e ela estava lá para fazer o básico e ajudar Will caso ele precisasse de algo.
— Eis o que sei a seu respeito, Srta. Clark. Minha mãe me disse que você é falante. — Ele disse Isso como se fosse um incômodo. — Vamos combinar uma coisa?
Daqui por diante, pode ser desfalante?
Will sofre muito com a mudança que ocorreu em sua vida e não consegue aceitar e nem se adaptar a ela, e por isso ele só tornou tão amargo e evita tudo e todos, ele pensou que Lou seria apenas mais uma pessoa que ele logo botaria para correr, mas, logo ele viu que Louise na verdade traria um pouco de luz para misera vida.
— Não sei. O que você costuma fazer?
— Eu não faço nada, Srta. Clark. Não posso fazer nada. Eu fico sentado. Apenas existo.
Eu simplesmente amei cada página que li desse livro, é quase impossível não gostar dos personagens do livro até mesmo o insuportável do namorado da Lou, pois, eles são tão bem construídos e você se põe no lugar deles e os entende mesmo que você não concorde com o posicionamento dele. Achei linda a forma como tudo se desenvolveu entre Lou e Will, tudo pelo que eles passaram e tudo o que Lou fez para tentar fazer da vida de Will o mais normal e divertida possível,  sem falar no quanto um aprendeu com o outro, mas o crescimento maior pode ser visto em Louise, que viu sua vida mudar completamente depois de Will.
— Quer dizer que você não gosta de música clássica?
Olhei pelo retrovisor. Will estava sorrindo.
— Não gostei nem um pouco.
— Eu vi.
— Não gostei especialmente daquele final, com o solo de violino.
— Percebi. Aliás, você detestou tanto que ficou com lágrimas nos olhos.
O que dizer dessa capa maravilhosa? Que foi o real motivo de eu ter comprado e lido o livro e posso dizer que não me arrependo nem que seja por um minuto pelo julgamento feito por mim.

Ler esse livro mexeu com minhas estruturas, e ao lê-lo me censurei por o estar lendo e ao mesmo tempo não conseguia deixar de amar o livro, torcer pelos protagonistas e até pensar sobre o modo como ele levava minha vida. Como Eu Era Antes de Você me tocou de forma profunda ao terminar o livro jurei nunca mais ler outro romance em minha vida, mas, isso é uma grande mentira, posso demorar um pouco, mas, lerei muitos outros romances por que mesmo me deixando choroso, meloso e as vezes depressivo Como Eu Era Antes de Você me mostrou que nada é mais lindo que o amor.
— Ei, Clark. Conte alguma coisa boa.
Uma adaptação cinematográfica do livro já está em pré-produção pelos estúdios MGM, o roteiro do filme ficou por conta de Scott Neustadter e Michael H. Weber, os mesmos de A Culpa é das Estrelas. Lou e Will serão vividos por Emilia Clarke (Game Of Thrones) e Sam Claflin (Jogos Vorazes: Em Chamas). O filme tem estreia prevista para 2015.

Classificando:

2 comentários:

  1. O que uma boa resenha não faz heiin < 33 A sinopse nem me deixou tão interessada, mas depois de ler essa resenha bateu uma vontade de ler o livro, e assistir ao filme pela história e não apenas pelos atores protagonistas.
    Will me parece o tipo chato e muito sarcástico, acho que vou gostar do personagem. Vou fazer um esforço para ler, embora talvez demore um pouco por causa do meu tempo corrido e com outras prioridades na lista de leituras =/
    Parabéns pela resenha, amei!!
    Blog | Paixonites Literárias Xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você não vai se arrepender PL o livro é lindo demais!! Sim Will é exatamente desse jeito! Lendo antes do filme é o que importa!! ;*

      Xo

      Excluir