2 de setembro de 2014

Resenhando Filme: Lucy

Título: Lucy (Lucy)
Direção: Luc Besson
Gênero: Ação e Sci-Fi
Duração: 91 min.
Lançamento: 28 de Agosto
Quando a inocente jovem Lucy aceita transportar drogas dentro do seu estômago, ela não conhece muito bem os riscos que corre. Por acaso, ela acaba absorvendo as drogas, e um efeito inesperado acontece: Lucy ganha poderes sobre-humanos, incluindo a telecinesia, a ausência de dor e a capacidade de adquirir conhecimento instantaneamente.






O que aconteceria se o ser humano conseguisse usar mais que sua capacidade atual do cérebro? O que aconteceria se conseguíssemos usar 100% de nosso cérebro? Do que nós seriamos capazes? É exatamente isso o que vamos encontrar nesse filme.

Fui ver o filme já esperando algo grande, afinal, adorei a premissa do filme que prometia muito e por termos Scarlett Johansson como nossa mocinha, Lucy. Porém o que eu não esperava era sair da sala de cinema tão maravilhado e satisfeito.

O filme se baseia em várias áreas da ciência, física, matemática e filosofia que não tenho a capacidade de argumentar por não ter embasamento, mas talvez a forma como o diretor tomou as teorias tão inexplicáveis para dar fundamento ao filme, tenha o tornado tão real e até certo ponto tão "possível".

Vemos que com o passar de filme Lucy vai aumentando a capacidade de uso de seu cérebro, mas ela nota que a partir de um certo ponto, todo o conhecimento e atributos que ela recebe a torna menos humana, é ai que entra o Capitão Pierre um policial francês que acompanha Lucy durante façanha servindo como um lembrete do que é ser humano. Pierre não tem uma real importância a narrativa do filme, sendo apenas uma âncora do humanidade para Lucy.

O desenvolvimento do filme é impecável, o diretor do filme Luc Besson nos oferece os detalhes que são necessários nos momentos certos, isso torna o filme simplesmente envolvente, ainda mais com uma mocinha tão carismática e bem construída como Lucy.

Scarlett Johansson está maravilhosa nas cenas de ação, não acreditava que ela realmente fosse ter alguma dificuldade, afinal, ela da vida a Viúva Negra em os Vingadores. Gostei bastante também do fato de que mesmo tendo Lucy poderes extraordinários eles não são esfregados em nossa cara excessivamente. Eu só posso aplaudir de pé a destreza da atriz nesse papel, a forma como ela consegue fazer a evolução da personagem é incrível, ela passa de uma moça sensível e fraca a quase uma deusa. Se eu já gostava da Scarlett passai a admirá-la mais.

Fui assistir Lucy com uma grande expectativa e o filme me surpreendeu e ultrapassou as minhas expectativas e cumpriu o que mim foi prometido com uma mocinha deveras interessante e carismática e uma premissa promissora e envolvente. Lucy é definitivamente um dos melhores filmes que vi em 2014.


Já viram o filme? Vão ver? Deixem seu comentário!!

Classificando:

2 comentários:

  1. Achei a resenha fantástica e você me fez querer ver esse filme AGORA hehe
    Já tinha ouvido falar muito bem do filme por meus amigos, mas ainda não sabia exatamente do que ele se tratava. Porém, quando você citou Física e Matemática fiquei doida para ver e ainda mais interessada.

    Leitores Forever

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Cris!! Obrigado pelo elogio, ficou fácil fazer uma resenha boa quando o filme foi simplesmente maravilhoso! Assista te garanto que você não vai se arrepender!!

      Xo

      Excluir