15 de dezembro de 2014

Resenha: Recomeço - Cat Patrick

Título: Recomeço (Revived)
Autor: Cat Patrick
Editora: Intrínseca
Ano: 2014
Páginas: 304
Tudo começou com um acidente de ônibus. Daisy Appleby era pequena demais para lembrar — tem apenas flashes do acidente que a matou, e de ter sido trazida de volta à vida. A partir daquele momento, ela se tornou uma das catorze crianças que fazem parte de um programa secreto do governo que visa aprovar um novo medicamento: o Recomeço. Daisy já morreu algumas vezes, e a cada morte ela recebe um novo sobrenome, vai para uma nova cidade e ganha uma nova história. A única constante em sua vida é a própria inconstância. Ao conhecer Matt e Audrey, seus primeiros amigos de verdade, após sua quinta morte, ela tenta criar raízes em mais um lar e começa a descobrir segredos sobre o programa Recomeço. Quanto mais informações vêm à tona, mais Daisy percebe que não passa de um peão em um jogo sinistro, que pode revelar que seu mundo — e tudo no ela que acredita — é uma grande mentira.
Recomeço foi uma aposta cega, inicialmente me interessei pela capa do livro que mesmo simples é bonita e atraente, mas ao ler sinopse do livro me interessei mais ainda, estou tão acostumado com mortes concretas em meus livros e séries de Tv que decidi tentar conhecer a não-morte. E posso dizer que foi simplesmente perfeito.

Daisy faz parte do programa Recomeço e já foi trazida de volta a vida cinco vezes, e todas as vezes que ela morre e volta à vida, ela recebe um novo sobrenome e passa a morar numa nova cidade. Daisy não dava uma real importância a sua vida, afinal, ela sabia que retornaria a vida e já estava mais que acostumada com todo procedimento de mudança, mas ela se viu tentada a se manter viva após sua última morte, quando ela se muda para Omaha e em seu primeiro dia de escola conhece Audrey que se torna sua grande e inseparável amiga, e Matt irmão mais velho de Audrey que estuda na mesma classe que ela.

Mas ao fazer amizades de verdade Daisy se vê no impasse entre contar a seus amigos a verdade sobre ela ou manter segredo sobre o programa, e é por esse motivo que ela começa a descobrir algumas irregularidades no programa e com ajuda de Megan sua amiga que também faz parte do programa Recomeço ela decide investigar mais a fundo as inconstâncias do programa.
Acho que nem preciso dizer isso, mas você tem que tomar certo cuidado ao fazer novos amigos — diz Mason, interrompendo meus pensamentos.
— Já sei — murmuro, ainda com uvas na boca.
 — Ela vai querer saber sobre o seu passado... seus pais... onde você morava antes.
Engulo as uvas.
— Eu sei o que dizer.
— Sei que você sabe.
— Não se preocupe. Não vou entregar o programa.
Eu fiquei completamente encantando com Daisy ela é uma personagem forte, interessante e quando decidiu se manter viva me senti ainda mais simpatia por ela. Ela foi a única criança que foi trazida de volta que não tinha família e ainda assim faz de tudo para ser feliz e trazer o mesmo as pessoas a sua volta.

Audrey é uma personagem carismática por completo, daquele tipo que gostamos assim que aparece, a forma como ela recepciona Daisy é maravilhosa e a partir dali também fiquei amigo dela.
— Meu nome é Audrey McKean.
— Daisy West — digo, sorrindo.
— Você deve ser nova por aqui. Eu conheço todo mundo.
 Não falei? Popular.
— É meu primeiro dia. Acabamos de nos mudar de Michigan.
Matt ultrapassa a linha da amizade como Daisy e é simplesmente impossível não torcer pelo romance dos dois principalmente nos momentos difíceis, o que mais gostei em Matt é que ele é acima de tudo leal.
— Fico feliz que você tenha se mudado pra cá — diz ele, olhando para o céu.
— Eu também — consigo falar calmamente.
— Eu gosto de você — continua ele. — Você é, tipo, uma coisa boa que apareceu no meio das ruins.
Está me ajudando a lembrar que ainda existem coisas positivas no mundo.
A leitura do livro foi perfeita, correu de forma agradável, a escrita da autora é maravilhosa e a história é sempre interessante. Em alguns momentos eu simplesmente não conseguia parar de ler e em outros eu queria parar porque tinha medo de descobrir que algo ruim ia acontecer com um dos personagens e adoro quando livros me causam essa sensação.

Recomeço foi uma leitura mais que agradável, o livro conseguiu me oferecer mais do que eu esperava, principalmente pela temática abordada e pela destreza de Cat Patrick ao conseguir utilizar da temática principal para incluir novas outras sem que elas se oponham. Achei a capa maravilhosa, não encontrei nenhum erro ortográfico e a diagramação está perfeita. E mais uma vez me apaixonei pela capa do livro e tive uma boa surpresa com o texto.

Classificando:

Nenhum comentário:

Postar um comentário