16 de janeiro de 2015

Resenhando Filme: Êxodo - Deuses e Reis

Título: Êxodo - Deuses e Reis (Exodus - Gods and Kings)
Direção: Ridley Scott
Gênero: Drama
Duração: 150 min.
Lançamento: 25 de Dezembro de 2014
É uma adaptação da história bíblica do Êxodo, segundo livro do Antigo Testamento. O filme narra a vida do profeta Moisés, nascido entre os hebreus na época em que o faraó ordenava que todos os homens hebreus fossem afogados. Moisés é resgatado pela irmã do faraó e criado na família real. Quando se torna adulto, Moisés recebe ordens de Deus para ir ao Egito, na intenção de liberar os hebreus da opressão. No caminho, ele deve enfrentar a travessia do deserto e passar pelo Mar Vermelho.

Adaptações bíblicas sempre foram feitas, mas ultimamente eles estão tão na moda, principalmente agora todos os efeitos especiais atuais que podem ser usados para dar mais ainda qualidade e realidade ao filme. E é exatamente isso que vamos encontrar em Êxodo - Deuses e Reis.

O filme começa já com Moisés adulto, ele é um guerreiro egípcio idolatrado por todos, inclusive por seu primo Ramsés. Mas isso não dura muito, depois de fazer uma visita ao vice rei em Pitom, Moisés acaba descobrindo quem realmente é, mas ele não acredita e nem aceita, mas quando a verdade vem a tona e ele é exilado.

Moisés se estabelece, forma uma família, mas ainda não acredita em Deus, até que um dia ele o "encontra", e nesse encontro com Deus ele recebe a tarefa de ser o general de Deus e guiar os hebreus a sua terra prometida.

Eu adorei o filme! Fiquei simplesmente realizado com tudo o que vi. A fotografia do filme é simplesmente maravilhosa, os figurinos fantásticos e os efeitos especiais estão perfeitos (sou completamente apaixonado pela cultura egípcia), o filme corre do uma maneira agradável, nem muito e rápido nem muito lento, mesmo com suas 2h e 30min. de filme.

Mas um fato que tenho que ressaltar é que, houveram pequenas diferenças entre o texto bíblico e o filme, não sou o maior religioso de todos, mas não tenho como negar que a diferenças e por esse motivo o filme foi bastante criticado pelo meio religioso, mas, ainda assim, acredito que o filme faz jus a passagem bíblica sim. Um outro ponto que me incomodou um pouco foi o Moisés rebelde e em certos pontos incrédulo (mesmo depois de encontrar Deus) que propuseram ao filme.

Vamos falar dos atores? Quem não adorou o Ben Kingsley? Mas quem também não notou que em certo ponto do filme ele simplesmente sumiu? Eu simplesmente adorei a interpretação de Joel Edgerton para Ramsés, já não simpatizei tanto com interpretação de Christian Bale de Moisés.

Êxodo - Deuses e Reis é um filme fantástico, com uma produção impecável, mesmo com suas divergências com a passagem bíblica é impossível não sair da sala do cinema maravilhado com a obra.

P.S. Sério? Uma criança? E ainda mais mimada e birrenta?
P.S.2: Gente as 10 pragas do Egito, um dos momentos mais esperados do filme para mim.
P.S.3: E mar se divid... hum... err...
P.S.4: Gente o povo antigo não conhecia o ditado "Mantenha seus inimigos sempre por perto"? Já notaram que toda desgraça só acontece porque afastaram a ameaça?

Classificando:

Xo

6 comentários:

  1. Oi, Alisson! Tudo bem? Filmes bíblicos estão realmente na moda! Já conferiu Nóe? Apesar das diferenças da história, eu adorei o filme! "Exôdo - Deuses e Reis" parece ser ótimo, quero muito vê-lo! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tony!! Tudo ótimo!!
      Estão sim na moda! Eu vi sim Noé e mesmo não sendo o maior do religiosos como afirmei na resenha acima, sai da sala do cinema revoltado com as mudanças escandalosas que o filme teve, mas não posso negar que a fotografia foi maravilhosa, mas odiei o roteiro. Sim Êxodo é realmente muito bom gostei muito do filme!

      Xo

      Excluir
  2. Oi, Alisson.

    Eu ando bem afastada de filmes ultimamente, acho que a última vez que fui ao cinema assisti Se eu ficar. Não sou muito de assistir filmes bíblicos e acho que esse eu passaria apesar de todas as coisas que você curtiu. Fiquei pensando nos desenhos da Disney que adoro.
    Acho uma coisa muito chata as adaptações e suas mudanças, mas até entendo que as vezes é preciso.

    Até mais.
    Visite: Paradise Books BR // Sorteio Fim de ano

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Paulinha!!
      Nossa tem muito tempo mesmo, adoro ir ao cinema, fico super para baixo se não for ver ao menos um filme no mês! Eu te entendo, tem gente que realmente não se agrada desse gênero! As mudanças são as vezes necessárias, mas não deixa de chatear hahaha

      Xo

      Excluir
  3. Eu não to com muita vontade de ver o filme, mas tem tanta gente falando, inclusive sua resenha, que me deixou com muuita vontade de assistir. É que eu tenho meio que um trauma chamado filme "Noé" da Disney, haha, mudaram muita coisa, mas quero assistir este!
    http://hey-mygod.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jeh!!
      kkkkkkkkkkkkkkkkkk isso é bem normal para nos do mundo literário né? Eles nunca adaptam o livro de forma honesta (até mesmo a bíblia), mas, assista em essência o filme é muito bom!

      Xo

      Excluir