9 de janeiro de 2015

Resenha: Todo Dia - David Levithan

Título: Todo Dia (Every Day)
Série: (Every Day #1)
Autor: David Levithan
Editora: Galera Record
Ano: 2013
Páginas: 280
Todo dia A acorda em um corpo diferente. Não importa o lugar, o gênero ou a personalidade, A precisa se adaptar ao novo corpo, mesmo que só por um dia. Depois de 16 anos vivendo assim, A já aprendeu a seguir as próprias regras: nunca interferir, nem se envolver. Até que uma manhã acorda no corpo de Justin e conhece sua namorada, Rhiannon. A partir desse momento, todas as suas prioridades mudam, e, conforme se envolvem mais, lutando para se reencontrar a cada 24 horas, A e Rhiannon precisam questionar tudo em nome do amor.

Ler David Levithan é mais do que um prazer para mim, e depois de ter deixado Todo Dia na estante por um bom tempo decidi que ele seria o livro que fecharia 2014. E nossa! David Levithan conseguiu mais uma vez me deixar sem chão, surpreendido e maravilhado. Todo Dia fechou 2014 de forma maravilhosa.

A acorda todos os dia em um novo corpo, não importando se é masculino ou feminino, ele já esta acostumado a isso e faz o máximo possível para viver o dia como se fosse a pessoa, para não causar nenhum problema ao real dono do corpo, mas isso muda quando ele acorda no corpo de Justin e conhece sua namorada Rhiannon.
Acordo.
Imediatamente tenho que descobrir quem sou. Não se trata apenas do corpo — de abrir os olhos e ver se a pele do braço é clara ou escura, se meu cabelo é comprido ou curto, se sou gordo ou magro, se sou garoto ou garota, se tenho ou não cicatrizes. O corpo é a coisa mais fácil à qual se ajustar quando se está acostumado a acordar em um corpo novo todas as manhas. É a vida, o contexto do corpo, que pode ser difícil de entender.
A ficou completamente apaixonado por Rhiannon, eles passam a se conhecer e a se envolver, mas até aonde pode se levar adiante um relacionamento como esse? Em que não se sabe que gênero, personalidade ou lugar A terá! Será que eles estão realmente dispostos a lutar e seguir em frente nesse relacionamento que faz você repensar o possível e impossível?
O nome dela é Rhiannon. E, por um instante (um milésimo de segundo), penso que, sim, esse é o nome perfeito para ela. Não sei por quê. Não a conheço, mas prece adequado.
Esse pensamento não é do Justin. É meu. Tento ignorar. Não sou a pessoas com quem ela quer falar.
A é um personagem muito interessante, ele sempre esteve acostumado com sua condição, e encarava isso da melhor forma possível, mas ao encontrar Rhiannon, ele passou a ter vontades próprias, pela primeira vez ele desejou ter um corpo só dele para poder ficar com ela. Ao passar da história vamos conhecendo um pouco mais sobre a vida de A, e caramba é impossível não pensar o quão difícil deve ser passar apenas um dia num corpo, não ter uma vida, família, amigos, ter alguém que vá se lembrar de você.

Rhiannon foi a primeira pessoa que realmente conheceu A, para ela foi difícil a creditar e aceitar inicialmente, mas com o tempo ela entendeu que o que importava era o que estava dentro e não o que ela via por fora, mas isso não quer dizer que ela aceitava bem, a "casca" que A usava. Rhiannon mudou a "vida" de A e A fez o mesmo por Rhiannon.
— Você viu minha vida — diz ela. — Me diz como fazer isso funcionar.
— Nós vamos dar um jeito. — respondo.
— Isso não é uma resposta. É uma esperança.
— A esperança nos trouxe até aqui. Não as respostas.
Ela me da um breve sorriso.
— Tem razão.
Não posso deixar de citar as vidas pelas quais A passou, David conseguiu expressar muito bem as delicias e as dificuldades da vida de um adolescente, A passou por corpos femininos, masculinos, viciados, gays, héteros, tristes e felizes. Alguns dos corpos me marcaram mais e foi muito legal acompanhar o dia deles.
Na manha seguinte, acordo no corpo da Beyoncé.
Não a Beyoncé de verdade. Mas um corpo extraordinariamente parecido com o dela. Todas as curvas em todos os lugares certos.
Para mim depois de ler os livros de David e adorar, fica sinceramente muito difícil não criar expectativa para uma próxima leitura de um livro dele, mas mesmo com toda a expectativa eu não sabia o que esperar de Todo Dia, mas fui completamente surpreendido e envolvido pela história, fiquei chateando quando as coisas não dava certo e fiquei na torcida por A e Rhiannon.

Todo Dia foi uma das maravilhosas leituras que fiz de David Levithan, ele foi super inteligente ao criar esse universo, essa possibilidade de vida, A é um personagem carismático assim como a maioria dos que li de Levithan. A capa do livro não é de toda a beleza, no exterior foram laçadas outras mais bonitas, mas a revisão e diagramação do livro estão perfeitas!! O livro só não foi perfeito porque fiquei encucado com umas coisas que acontecem próximo do final, que poderiam ser a resposta para tudo, mas não foram exploradas, talvez no segundo livro isso seja trabalhado! O final do livro foi arrebatador e eu adorei! Mais uma vez Levithan falando de amor!

Classificando:

12 comentários:

  1. Mas o cara é criativo hein? Para criar personagens que já nascem ferrados o Levithan entende. Todo dia vai para a lista de "vontade de ler" mas nas prioridades está Will & Will e Garoto Encontra Garoto :P

    Beijão
    http://deiumjeito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gio!! Entende minha paixão por ele? Bom Will & Will já providenciei a leitura para você! hahaha Agora falta GEG!! Que com certeza você adorar!

      Xo

      Excluir
  2. David Levithan é demais! Viu que esse livro vai ter continuação? Amei saber, e ainda vão lançar mais livros do autor no Brasil em 2015. <33333
    Eu achei essa capa divina, e acho que não vi outras do exterior, mas vou procurar pra saber se vou gostar mais delas, como você :) beijos,
    whoosthatgirrl.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Renata!! Sim ele é magnifico!! Fiquei sabendo sim e já estou super ansioso quanto a leitura!
      Também adorei saber que vão lançar mais livros dele em 2015, mas não são exatamente os que eu queria, mas ainda assim vai valer a pena ler!! <3

      Xo

      Excluir
  3. E aí, Alisson!! Tudo bem?
    Eu só li Will & Will do David e devo dizer que não gostei muito... Eu quero muito ler Todo Dia, creio que deve ser uma leitura bem interessante ^^
    Adorei sua resenha e seu blog também!! Já estou seguindo ^^
    http://enjoythelittllethingss.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Guilherme!!
      Tudo muito bem, espero que o mesmo com você!! Ahh uma pena eu adorei Will & Will. Sim Todo Dia é uma leitura interessante e bem diferente do que você leu em Will & Will acredito que você goste!
      Obrigado *_*

      Xo

      Excluir
  4. Eu acho a premissa de "Todo Dia" sensacional! Não só é muito criativa, como Levithan consegue associa-la a uma narrativa belíssima e um personagem extremamente cativante.
    Diferente de você, esse foi o primeiro livro do autor que eu li e deixou com muita vontade de conferir outros.
    Você escolheu muito bem sua última leitura do ano :)
    Beijos
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mariana, concordo completamente com você! A narrativa é maravilhosa e A é completamente encantador!! Ai sim a leitura fechou o ano muito bem foi perfeito!!

      Xo

      Excluir
  5. Ai Alisson, comprei esse livro tem um tempão e apesar de ter feito isso por estar com muita vontade de ler o mesmo acabei adiando e a vontade diminuiu. Já li diversas resenhas, mas não me sinto mais confortável com o livro. Acho que ainda adiarei bastante, mas bom saber que você gostou, talvez analisando melhor eu esteja um pouquinho mais animada para ele depois de sua resenha :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ju!!!
      Eu sei bem como é tem uns livros minha estante que estão nessas condições e olha que esta realmente animado para lê-los! E também vou adiar o quanto puder, mas desse ano não passa. Bom espero que você leia, pois, vou ficar esperando sua resenha para o mesmo!!

      Xo

      Excluir
  6. Esse David tem um um jeito de escrever uma história que me deixa super curiosa para saber o desfecho. Acho que esse deve ser o efeito em muito leitores por ai. O livro está na minha wishlist, embora não seja uma prioridade no momento. Na verdade, depois de ler o que você achou do final, estou pensando em esperar por "Another Day"; com o sucesso do David, não acho que a Galera irá demorar para trazer o livro para o Brasil.

    Blog | Paixonites Literárias Xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Natii! *_*
      O David é sensacional, divo, maravilhoso! Foram poucas as pessoas que vi que não gostaram desse livro. Ao menos ele já está em sua wishtlist o que já é um avanço! Bom esperar por Another Day vai ser difícil para mim, eu não acredito que o livro chegue no Brasil ainda esse ano ainda mais com três lançamentos já agendados, se os três livros dele forem lançados no primeiro semestre ainda tem chances, mas se não, vou ter que esperar ate 2016.

      Xo

      Excluir