24 de fevereiro de 2015

Resenha: O Livro das Princesas - Meg Cabot / Paula Pimenta / Lauren Kate / Patrícia Barboza

Título: O Livro das Princesas
Autor: Meg Cabot / Paula Pimenta / Lauren Kate / Patrícia Barboza
Editora: Galera Record
Ano: 2013
Páginas: 288
Da mesa da Princesa Mia Thermopolis: Olá, amigos, fãs e companheiros admiradores de princesas (ou eu deveria dizer simpatizantes de princesas?)! Eu mal pude acreditar quando alguém do Brasil permitiu que EU desse uma olhadinha neste livro. Mas acho que faz sentido, já que, além de ser uma princesa, também tenho verdadeira paixão por histórias românticas! Acreditem no que eu digo, este livro tem essas duas coisas de sobra! Mas são releituras contemporâneas, com reviravoltas que farão você dizer owwwwnnnnnn… Uma Cinderela DJ? Rapunzel popstar? Bela é uma supermodelo? E unicórnios em A Bela Adormecida?! Sim, por favor! Mais, mais. POR FAVOR. Não se preocupem, tem mais. Muito mais. Eu amei, e vocês também vão! (Sim, você também vai amar, Tina Hakim Baba. Pode pegar meu exemplar emprestado quando eu terminar de ler. Não, melhor: compre o seu. Assim você vai poder ler de novo e de novo, como eu pretendo fazer.)

Eu adoro releituras de contos de fadas, seja livros, série ou filmes, então quando a Galera lançou esse livro eu simplesmente não consegui segurar a vontade de ler principalmente porque as releituras foram escritas por autoras muito bem falas.

A Modelo e o Monstro - Meg Cabot

Belle Morris é uma famosa modelo, mas ela não curte muito a vida de glamour que leva, ela só entrou no mundo da moda para ajudar o pai que perdeu o emprego a pagar as altíssimas contas do tratamento de sua mãe que infelizmente veio a falecer. O pai de Belle casou-se novamente e ela está muito feliz por ele e Vivian sua nova mulher, o que ela não esperava e nem queria, era que eles insistissem para que ela e sua nova irmã Penny, acompanhassem os dois durante a lua de mel como se estivessem tirando férias em família.

Ao embarcar no cruzeiro, Belle vê um misterioso homem se escondendo as sobras da varanda de uma das cabines, mas o mais estranho era que ele parecia também a estar olhando para Belle e Penny que também percebeu a presença dele afirma que ele estava sim olhando para ela, Belle achou a ideia absurda, mas o que ela não sabia era que o destino já tinha reservado o encontro dos dois.
— Foi aí que o vi pela primeira vez. Ele.
Estava sozinho em uma imensa varanda na extremidade do navio, bem acima das pessoas e dos paparazzi reunidos nas docas, tirando fotos do famoso navio e dos passageiros que partiam nele.
Só que ele não olhava para as docas. Olhava para mim.
Eu gostei bastante desse conto a Meg conseguiu me convencer com essa releitura que eu achei bem fofa e encantadora. A Meg soube capturar bem a essência da história original e transmitir nessa releitura. 

Classificando:



Princesa Pop - Paula Pimenta

Cintia vive com sua tia, a um ano seus pais se separaram de forma bem dramática, e desde então ela não fala com seu pai e sua mãe passou a morar no Japão por causa de seu trabalho. Mas alguns problemas na escola a obrigaram a ter que falar com o pai, ele propõe a ela que resolverá o problema dela se ela aparecer na festa de 15 anos das enteadas dele.

O que ela não desconfiava era que ela foi contratada como DJ para essa mesma festa, ela teria de se desdobrar para tocar na festa e marcar presença para seu problema ser solucionado, isso tudo sem que o pai descubram pois ela é menor de idade e não pode trabalhar sem autorização. Enquanto ela animava a festa um garoto entrou em sua cabine e conversou por um tempo com ela, mas ela não desconfiou que na verdade ela estava falando com Fredy Prince o cantor mais gato e mais desejado o momento e que ela basicamente insultou enquanto conversava.
— Olha... Não tenho nada contra a banda. Mas esse tal de Prince, sinceramente, tenho certeza de que ele usa auto tune. E, além do mais deve ficar só fazendo mímica em cima da guitarra. Aposto que tem um playback tocando no fundo. É esse seu trabalho? Soltar a música para ele dublar? Pode me contar! Juro que não espalho pra ninguém.
Fredy ficou encantado por Cintia e divulgou em suas redes sociais que ele queria vê-la novamente e que ele estava com um dos sapatos dela, Cintia ficou muito feliz pois também gostou dele, mas uma visita inesperada fez tudo mudar, a madrasta de Cintia descobriu que ela era a DJ Cinderela e a chantageou, disse que ela devia dar o sapato a ela ou ela diria toda verdade a seu pai e foi a partir desse momento que começa toda labuta da Cinderela Pop para encontrar seu grande amor.

O que eu poderia dizer? Eu simplesmente AMEI  esse conto, a Paula conseguiu me prender completamente com essa releitura eu simplesmente não conseguia para de ler e querer mais e mais. Fiquei completamente encantado com a forma gostosa e verdadeira que a Paula conseguiu recontar a historia de Cinderela, o conto é tão bom que vai ser lançado em versão estendida.

Classificando:



Eclipse do Unicórnio - Lauren Kate

Percy terminou um namoro e estava muito para baixo, principalmente por ter que ir para a França com monte de gente que não conhecia, já que sua namorada o deixou e eles tinham planejado tudo antecipadamente. Talia  nasceu num dia peculiar durante um eclipse, todo o reino esta preocupado pois não sabia se isso era bom ou ruim, mas ao ter seu nome anunciado todos ficaram mais calmo, "Orvalho de Deus" era um bom nome e provia bons presságios.

Uma festa foi organizada para o reino ofertar presentes a princesa e até os anjos viram presenteá-la, mas um anjos a tempos afastado do céu apareceu para também presentear a princesa e acabou amaldiçoada a ser espetada por um unicórnio e morrer, o anjo do amor que ainda não a tinha presenteado, diminuiu a sentença, ela não morreria, mas dormiria até o encanto ser quebrado por um rapaz, com um unicórnio durante um eclipse.

Sinceramente eu não lia uma coisa tão ruim a muito tempo, a Lauren me decepcionou por completo com esse conto, ela mistura vários elementos nada haver durante o conto, introduz dois personagens sem graça, a narrativa não faz sentido nenhum, parece que ela simplesmente escreveu o que veio na cabeça e pronto tava bom. Esse conto é broxante.

Classificando: 



Do Alto da Torre - Patrícia Barboza

Camila vive com sua madrinha Laura, ela perdeu seus pais um acidente de carro. Ela mora no rio de janeiro no 12º andar de um prédio, na escola ela é conhecida como Rapunzel por causa de seus loiros e longos cabelos, quando mais jovem Camila ficou muito doente e sua madrinha fez uma promessa que se ela melhorasse ela só cortaria o cabelo aos 15 anos, e por isso ela era conhecida como Rapunzel.
Bom, meu nome é Camila, como já percebeu. Só que tenho um apelidinho carinhoso no colégio: Rapunzel. Aí você vai se lembrar de que, quando era criança, leu sobre um garota que havia sido presa pela bruxa no alto da torre e que tinha longos cabelos. "Rapunzel, jogue-me as suas tranças!" Sim, sou eu mesma, muito prazer.
Camila sempre sonhou em ser cantora e com a ajuda de seu amigo Pedro, a partir de uma brincadeira eles passam a postar vídeos de Camila no internet como Milla Tower. A madrinha de Camila não era nenhuma tirana, mas era bem rigorosa quanto a regras e uma delas era não levar garotos para o apartamento. Um dia ao pensar que a madrinha iria chegar mais tarde ela insistiu que Pedro fosse em sua casa levar o novo vídeo, mas Laura acaba chegando cedo e além de encontrar Pedro ainda descobre o segredo de Camila. Ela faz um grande escândalo expulsa Pedro e jurou arranjar um bom castigo para Camila. E a parir desse momentos que a história de nossa Rapunzel começa a desenrolar.

Também gostei bastante desse conto, ele foi divertido e interessante, mas acho que a narrativa fugiu um pouco da proposta de releitura ainda que o conto seja realmente bom e nos traga algumas lições de vida.

Classificando:



No total a leitura de O Livro das Princesas foi muito boa e realmente proveitosa, a capa do livro é um charme, não encontrei nenhum erro de revisão durante a leitura, a diagramação do livro é boa e a fonte tem um tamanho agradável. A classificação do livro é 4 estrelas, sendo a soma dos contos dividida por quatro.

Xo

11 comentários:

  1. 1º conto: Meg Cabot soube fazer um conto bem ou ela só é ruim no terror (Formaturas Infernais)?
    2º conto: Deixa eu parar aqui rapidinho para ler o conto e fazer uma oração para aparecer "Cinderela Pop" na minha porta agora!
    3º conto: só de ler a sinopse já broxei, pré-sal mandou abraços. A Lauren Kate não quer que eu leve as escritas dela a sério (não consegui terminar de ler Fallen ._.)
    4º conto: já se percebe a modernidade na sinopse, curti!

    Vlw flw
    Blog: Dei um Jeito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gio você é ótima, sempre recorro a você kkkkkkkkkkkkk
      Fiquei realmente decepcionado com a Lauren só pensei em você!!

      Xo

      Excluir
  2. Olá,
    VAI SAIR A VERSÃO ESTENDIDA DE PRINCESA POP, TODOS PIRAAAM! Mas sério, ainda não li esse livro, li O Livro dos Vilões e achei super bacana, estou esperando o exemplar dessa obra de uma amiga minha chegar para eu poder ler!
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Gabi!!
      Eu estou louco esperando por isso, vai ter tour também, vou dar um jeito de ir!! *_*

      Xo

      Excluir
  3. Tenho vontade de ler esse livro e muitos falam bem do conto da Paula Pimenta!
    Uma pena você não ter gostado do da Lauren Kate :/
    Adorei a resenha, Alisson!
    Abraço :)

    minhasecretapoesia.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Karen!! Leia boa parte dele é muito bom! Mas se for ler por causa do livro do conto da Paula Sair é melhor esperar o livro Cinderela Pop sair!! Verdade até eu me espantei!

      Xo

      Excluir
  4. Nossa, eu não sabia desse livro e to aqui surtando de tanto que quero, porém, não estou tão fã assim da Paula Pimenta, hahaha gostei muito da proposta do conto da Meg Cabot e que infortuno você não gostar do da Lauren Kate ://

    Menino, pare de sumir, volte para a blogosfera. Espero que esteja tudo bem.

    Beijos. Tudo Tem Refrão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!!
      O livro é legal, vale a pena ler, gostei muito do conto a Paula na verdade foi o que mais gostei, o da Lauren foi um completo desastre!!

      Xo

      Excluir
  5. Se depois dessa resenha eu fiquei curiosa para ler o livro? Claro que sim!! ♥ Dos quatro contos, o da Meg e da Paula são os que eu mais quero conhecer. Infelizmente esse da Lauren não me interessou nem um pouco, primeiro por causa do título e depois, ainda mais, pelo seu comentário.
    Ps. Nem li o conto, mas já estou louca pela versão estendida de "Cinderela Pop". Amei aquela capa *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiimmm!! Os da Meg e o da Pula são os melhores ♥ como um nome estranho desse era de se esperar que o conto fosse um completo desastre. Eu também estou a capa é linda mesmo, quero ver se consigo ir na tour de lançamento do livro aqui em minha cidade!!

      Xo

      Excluir
    2. Ahh simm, espero que você consiga ir na tour e tire muitas fotos, que eu vou querer ver, é claro =D Agora resta esperar pelo livro "Cinderela Pop" e por mais uma resenha arrasadora sua ;D

      Excluir