26 de junho de 2015

Resenha: Cinderela Pop - Paula Pimenta

Título: Cinderela Pop
Série: Princesas Modernas #2
Autor: Paula Pimenta
Editora: Galera Record
Ano: 2015
Páginas: 160
Já Resenhei: Princesa Adormecida (Princesas Modernas #1)
Nesta versão estendida do super conto de Paula Pimenta no Livro das Princesas, Cinderela é reinventada. Cintia é uma princesa dos dias atuais: antenada, com opiniões próprias, decidida e adora música! Mas a garota vê seu cotidiano virar de cabeça para baixo depois da separação dos pais: vai morar com a tia, se afasta do pai e, principalmente, deixa de acreditar no amor. Até que um encontro inesperado e revelador a faz rever as próprias escolhas – havia mesmo um belo príncipe em sua história, e tudo que ele mais queria era descongelar o coração da nossa gata (nada) borralheira!

Eu simplesmente adorei ler esse livro quando ele era um dos contos presentes no Livro das Princesas e quando foi anunciado que o conto seria lançado numa edição separada e numa versão estendida, claro que fiquei doido para pegar esse livro e saber os novos detalhes inclusos e assim eu fiz e o que já era bom ficou ainda melhor.

Desde seus pais se separaram a cerca de uma ano atrás, Cintia vive com sua tia, desde o dia em que saiu da casa de seu pai ela evita todo e qualquer contato com ele tomando as dores de suas mãe, que foi morar no Japão a trabalho. Cintia fala com a mãe todo santo dia pelo Skype no celular, mas a escola proibiu o uso de celular, até nos intervalos, que era exatamente o momento que Cintia falava com a mãe é nesse momento que ela tem que falar com o pai, para que ele fale com a diretora da escola, ele diz a ela que resolverá o problema dela contanto que ela apareça na festa de 15 anos das enteadas dele.
— E se eu não for? — perguntei só por perguntar. Eu não iria àquela festa nem se fosse a última coisa do mundo. Além do mais, mesmo que quisesse, não poderia. Eu já tinha outro compromisso para aquela noite. 
Ele ficou calado por um tempo e, quando falou de novo, estava com a voz bem mais seca: 
— Se você não for, eu me recuso a resolver o seu probleminha... Não vou conversar com a diretora.
O que Cintia não tinha reparado é que ela foi contratada como DJ para a festa da bruxinhas, ela teria de se desdobrar para trabalhar na festa e ainda marcar presença para que seu pai resolvesse o seu problema, isso tudo claro sem que ele descobrisse que ela é a DJ, pois, ela é menor de idade e não pode trabalhar sem autorização. Já na festa enquanto ela animava a a galera, um garoto entrou em sua cabine e começou a conversar com ela e ela nem desconfiou que na verdade estava falando com Fredy Prince o cantor mais gato e mais desejado o momento, o qual ela basicamente insultou enquanto conversava.
— Olha... Não tenho nada contra a banda. Mas esse tal de Prince, sinceramente, tenho certeza de que ele usa auto tune. E, além do mais deve ficar só fazendo mímica em cima da guitarra. Aposto que tem um playback tocando no fundo. É esse seu trabalho? Soltar a música para ele dublar? Pode me contar! Juro que não espalho pra ninguém.
Fredy ficou completamente encantado por Cintia, e logo depois da festa divulgou em suas redes sociais o quanto ela o fascinou e claro que ele queria vê-la novamente principalmente porque ele estava com um dos sapatos dela, Cintia boba e feliz, pois, também ficou caidinha por ele, mas uma visita inesperada fez tudo a fantasia dela ruir, a madrasta de Cintia de alguma forma descobriu que ela era a DJ Cinderela e a chantageou, dizendo que ela deveria entregar o sapato a ela ou ela entregaria o segredo de Cintia ao pai dela e foi nesse momento que começou toda labuta da Cinderela Pop para reencontrar seu grande amor.
@realfredyprince 
Estou com um de seus sapatinhos de cristal e só o entrego pessoalmente. Traga o outro pra completar o par. ia 7 às 21h. Castelo do Rock.
Cintia é uma menina amargurada com a forma que sua vida foi "destruída" pela traição de seu pai, mas ainda assim ela é uma garota alegre e realizada, o que mais me encantou na personagem é que ela não deixa de ser doce em nenhum momento, ainda que ela tenha um certo problema com o amor.

Fredy é um verdadeiro príncipe, não desistindo da garota e se expondo da forma que ele se expôs, o conteúdo extra do livro nos mostra um pouco mais do personagem impossível não se encantar por ele.

Tive que abrir espaço  para falar que gente mas que mulherzinha insuportável essa madrasta da Cintia, mas eu não sei o que mais eu odeio, a malvadeza da mulher ou a burrice do pai de Cintia sinceramente eu tive vontade de dar com a mão na cara dele.

O que eu posso dizer é que adorei ler o livro e o conteúdo extra é muito bom, a leitura do livro foi fluida é rápida, mesmo eu já sabendo basicamente toda a história, Paula Pimenta se  sai maravilhosamente bem em mais uma releitura dos contos de fadas.

Cinderela Pop é uma das minha leituras mais gostosas e engraçadas do ano isso claro sem citar o quanto a história dos protagonistas é fofa, mal posso esperar pela próxima releitura de contos de fadas da Paula Pimenta. Gente eu simplesmente fiquei apaixonado pela capa do livro, linda demais não? a diagramação do livro é linda, a revisão do livro está impecável e a fonte tem um tamanha mais do que confortável para leitura.

Classificando:

7 comentários:

  1. Oi, Alisson!
    Que bom saber que a autora se saiu bem nessa releitura, e fiquei com vontade de ler por ser uma história gostosa e rápida de se ler.
    Muito boa a resenha! Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. Pensa em uma pessoa que está louca para ler esse livro!! Preciso urgentemente comprar. Nem vou falar que parece ser ótimo, pois os livros da Paula Pimenta são perfeitos.

    ResponderExcluir
  3. Já li alguns livros da Paula Pimenta, os da série Fazendo meu filme, e gostei muito. Gosto de ler releituras, fico curiosa para saber como a história desenvolvida por talo pessoa vai ser. Com certeza vou querer ler. Bjus.

    ResponderExcluir
  4. Eu amooo essa série de contos de fadas da Paula Pimenta! Também acho as capas maravilhosas, fizeram um excelente trabalho!
    Ainda apenas li o primeiro e esse está na minha lista.
    Cinderela sempre amei a história dela e realmente nao sei quem mais odeio, a madrasta que é uma mala e malvada ou o pai q é um cego e idiota!
    Linda resenha, espero q mais gente leia, pq é muito bom mesmo!

    ResponderExcluir
  5. Adoro a Paula Pimenta, já li alguns livros dela e a leitura é tão leve e divertida, a gente tá lendo e sem perceber, já acabou o livro rsrs
    Ainda não li Cinderela Pop, nem sei se vou, porque também já li o conto, mas quem sabe, afinal tenho Princesa Adormecida comigo aki e sempre é bom completar a coleção :-D

    ResponderExcluir
  6. Awwn, ainda não li nada da Paula, mas não é por falta de vontade. Já tinha lido algo sobre Cinderela Pop e achei muito legal toda a ideia, toda a construção da personagem Cinderela inserida no mundo atual. Com certeza, é um que quero ler!

    ResponderExcluir
  7. Ali, li esses dias a resenha de uma amiga do livro de contos, e ela disse que esperava muito mais da autora, que por tudo o que falam ela não é tão boa assim. Mas ela leu apenas o conto, e acho que talvez isso tenha prejudicado essa avaliação. Para ser sincera eu acho que não iria me dar bem com essa história, apesar de ser uma releitura não sou muito fã de contos de fada e cinderela é o que eu menos gosto, mas deu para perceber o qpuanto você gostou e aprovou os personagens. E não, eu não gostei da capa kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir