28 de julho de 2015

Resenhando Filme: Cidades de Papel

Título: Cidades de Papel (Paper Towns)
Direção: Jake Schreier
Gênero: Romance
Duração: 110 min. 
Lançamento: 9 de julho de 2015
A história é centrada em Quentin Jacobsen (Nat Wolff) e sua enigmática vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman (Cara Delevingne). Ele nutre uma paixão platônica por ela. E não pensa duas vezes quando a menina invade seu quarto propondo que ele participe de um engenhoso plano de vingança. Mas, depois da noite de aventura, Margo desaparece – mas, não sem deixar pistas sobre o seu paradeiro.




Não vou negar para nenhum de vocês que fui assistir esse filme para saber o que acontece na história, eu sinceramente não vou com a cara do Jhon Green, PODE JULGAR, mas eu dei um chance para A Culpa É Das Estrelas, porque não dar a esse filme também? Eu sinceramente achei ACEDE um pouco fraco e fui completamente desacreditado ver esse filme.

Quentin e Margo são vizinhos, desde que eram crianças, agora estão no ensino médio e o tempo tornou as coisas diferentes, Margo e Q que costumavam ser amigos, agora não passam de meros vizinhos e basicamente não se falam mais, porém Quentin nunca esqueceu seus sentimentos por Margo e os guarda consigo até hoje.

Mas uma certa noite Margo aparece na janela de Q, pedindo o carro dele emprestado, aliás, ela na verdade precisava de um motorista, ele hesita, mas não resiste em estar com a garota que amou a vida inteira e com assim ele a segue em sua missão de vingança contra seu namorado que a está traindo e seus amigos que sabiam o que ele fazia, mas não abriram os olhos dela.

Mas logo após tal missão, Margo simplesmente some do mapa, não que isso não fosse uma coisa que nunca tivesse acontecido, Margo tinha essa mania de sumir as vezes e com isso seus pais nem ficaram preocupados, mas Quentin acaba por descobrir pistas que podem levá-lo até onde Margo pode estar se escondendo e talvez ela tenha deixado essas pistas para que ele a encontrasse. E assim começa a busca de Q por Margo e para isso ele vai contar com a ajuda de seus amigos.

Gente sendo sincero? Eu fui ver o filme achando que ele seria tão chato e meloso quanto A Culpa É Das Estrelas, mas eu fiquei completamente passado que o que vi, e tudo que posso dizer é que o filme é muito bom, e sim eu paguei a língua, posso até não simpatizar com o Jhon Green, mas é inegável que o seu livro deu um filme muito bom. Um filme que fala sobre amor, amizade, aventuras e autoconhecimento. O filme aborda de forma eficiente e clara os sabores e dessabores de ser um jovem com um futuro a espreita.

O filme tem a dose certa de comedia, aventura e em certo ponto mistério e o final, nossa que final, eu fiquei simplesmente embasbacado, porque querendo ou não, a resposta ou verdade, foi exposta nos primeiros minutos do filme! 

Cidades de Papel foi uma belíssima surpresa, o filme tem o tom exato sobre o tema que aborda, nada demais e nada de menos, não li o livro, mas se o próprio Jhon Green afirmou que o filme é melhor que o livro, quem sou eu para negar? Vale mais do que a pena ver, essa foi uma das adaptações que mais me agradou esse ano!

Observações
— Gente eu quase grito quando percebi que o a música que tava tocando no saxofone era "Lady In Red";
— Quase gritei de novo quando eles cantaram o tema de Pokémon;
— Só consegui ver comercial da Honda, a Apple estava lá, mas não exibida como sempre;
— Referências a Game of Thrones ;
— Será que sempre vai ter essas conexões entre os filmes do autor? Afinal o Nat Wolff, era o Issac em A Culpa É Das Estrelas, isso sem contar com outra presença ilustre;
— Gente eu amo os bailes das escolas do EUA, meu sonho sempre foi ir a um;
— As vezes a gente vê as coisas como queremos ver e não como elas realmente são;
— Escolas, sempre sendo o pesadelos de uns e o sonho de outros;
— Não da para ser certinho a vida inteira, as vezes é bom fazer alguma loucura saudável.

Classificando:

21 comentários:

  1. Olha, vou ser bem contrária, mas é só a minha opinião. Eu não gostei não, achei bem fraquinho, mas não pela história em si (e eu adoro o John Green) e sim, pelos atores. Achei TODOS bem fracos, sem graça. Senti como se nenhum tivesse carisma sabe? No livro, os que eu mais gostava eram os amigos do Quentin, mas no filme eles foram decepcionantes pra mim. A Margo eu já não gostava no livro, que dirá no filme.. Muito chata! A única coisa que eu fiquei bem feliz de ter aparecido no filme foi a casa cheia de Papai Noel hahaha e, mesmo assim, não foi tão engraçado qnt no livro. Lembro que eu ria muito lendo as zoações dos amigos do moleque, tadinho, rsrs. Fiquei com a sensação de que com outros atores poderia ter sido bem melhor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ohhhh Crika!! Imagino que sim!! E sendo sincero te entendo completamente, mas como eu não li e nem pretendo ler o livro, só posso dar opinião baseado no que vi no filme, e mesmo se eu tivesse lido, eu seria o mais imparcial possível, pois, temos que entender que é uma adaptação e que é mais do que normal existir diferenças e as vezes discordâncias.
      Quando assisti Insurgente, quase fiquei louco de tão diferente que estava, mas parei e pensei: Uma pessoa que não leu o livro gostaria do filme? E foi assim que escrevi e classifiquei a resenha, mesmo quando o filme é diferente do livro, eu, tento olhar como alguém que não leu o livro, e como alguém que não leu o livro afirmo, o filme é realmente muito bom!!

      Xo

      Excluir
  2. O único livro que li do John Green também foi ACEDE, e não gosto de jeito nenhum, tentei, mas não deu. Quando li uma resenha desse filme fiquei querendo muito ver o filme e ler o livro, acho que vou gostar bastante, se gostar vou dar mais uma chance para os livro do John.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Maisanara!!!
      Adorei o filme como deixei bem claro na resenha, porém mesmo assim não vou dar chance aos livros do Green kkkkkkkk, eu vi o filme de ACEDE, mas achei super chato e por isso nem pensei em ler o livro. Mas verei todos os filmes dos livros dele que saírem, vai que sou surpreendido de novo!??


      Xo

      Excluir
  3. QUERO ESSE FILME PARA ONTEM!!!!!!
    Pena que (1) não li o livro, ainda (2) sem dinheiro para o cine, hahaha
    Vou ter que esperar sair na internet para poder assistir, estou louca para ver a Cara nas telonas, com certeza deve ser incrível! Amei a resenha, estou suspirando aqui haha
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai!! Esse filme me surpreendeu, e vou dizer para todo mundo!! Assista!! Mas não quero ler o livro!! Rsrsrs Veja assim que que puder vale a pena!

      Xo

      Excluir
  4. Aaaaaahhhh fiquei ainda mais ansiosa para ver o filme, fico muito feliz que tenha gostado, eu ainda não li ao livro, mas irei ver o filme assim que eu pegar o poder (R$) hahahaha amei saber o que achou do filme, assim que der irei assistir, e jura que o John Green falou que o filme é melhor que o livro? To pasma hehehe.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Camila!! Ai gostei sim do filme!! Bom por mim não é problema não ter lido o livro, na verdade é melhor só assim não rola decepções antecipadas! Sim ele falou numa entrevista aqui no Brasil rsrs

      Xo

      Excluir
  5. Já quero começar esse comentário pedindo um abraço. Sério! Eu acho que você é o primeiro blogueiro que eu vi admitindo assim que não curte John Green e meu amigo tô com você nessa. OKAY, eu falo de tonta pois só li um livro mas acho que foi o suficiente (até o momento, pelo menos) para me desanimar de ler o resto. Também não curti muito o filme ACEDE e vou esperar esse sair em bray para poder assistir - se eu gostar leio o livro.
    Mas enfim, ótimo que o filme tenha se surpreendido de uma forma positiva e quem sabe se você ler o livro acabe gostando também, né?! Agora que eu vi que o próprio autor achou o filme melhor acabei entendendo o motivo de tantos blogs dar esse mesmo comentário... ;~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Sil!! Então vem e me abraça!! \o/ porque não simpatizo com o Green de jeito nenhum!! E não canso de dizer, ACEDE foi boring, o povo morria de chorar no cinema e eu não sentia nada!
      Olha para de por caraminholas em minha cabeça, melhor continuar evitando as leituras e ficar só nos filmes!! Bom veja o filme e se gostar você lê e me fala o que achou e aí talvez eu pense em ler também!!

      Xo

      Excluir
  6. Confesso que também não curto muito John Green e fico bem irritada com os atores que tanto se repetem. Mas admito também que esse é o livro dele que mais me chama atenção, pela premissa um pouco mais original que as outras. Acho interessante essa pitada de mistério que o autor colocou na história, e tenho a leve impressão de que eu vou gostar pra caramba do protagonista hahahaha Mas ainda quero ler o livro antes de ver o filme.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ehhh adoro quando não sou o único!! Eu gostei muito do filme, mas ainda assim não tenho vontade de ler o livro, porém de tanto dizerem para ler, se eu encontrar o livro de 9,90 qualquer dia eu compro, deixo na estante e um dia eu talvez leia!!

      Xo

      Excluir
  7. Heii alisson! Sou do seu time, nao vou mto com a cara do João Verde! Hehe.
    Nunca li os livros dele, mas eu tenho..na verdade eu ganhei. Vi o filme A culpa é das estrelas sem querer no avião e nao tinha nada de melhor passando. Todo mundo fala q chorou e eu quase dormir de tédio! Cidade de papel eu pensei em ver, pq nao devo ler... E acho q ir sem expectativa nenhuma ajuda a gosta mais do filme ne? =)
    Pelo q li da sinopse acho q a estória pode ser mais do meu gosto, darei uma chance!
    Bjuuu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Senhor obrigado mais uma!!!
      Olha eu vi o filme de ACEDE achei chato, ms ver filmes para mim é valido, porque gasto menos tempo do que gastaria lendo rsrs. Se alguém quiser me dar cidades de papel do aceitando kkkkkkkkkkkkk eu também achei o filme um tédio kkkkkkkkkkk Sim ir sem expectativas ajuda muito!!

      Xo

      Excluir
  8. Vou te dizer que já li ACEDE e Teorema Katherine, eu gostei mais do segundo, e em relação a ACEDE curti mais o filme mas quando foi tentar ler cidade de papel não deu porque travei totalmente e ate dei meu livro pra minha prima que gota dele. Resumindo que bom que você se surpreendeu com o filme porque nem vontade de ver ele eu tenho então fico só com os post de critica sobre ele.

    ResponderExcluir
  9. Eu ainda não li o livro,e pode me julgar,mas gosto de ler o livro antes de ver o filme difugfufu mas eu tô com vontade de assistir,até porque já sei quem aparece no filme e TO MORRENDO DE CURIOSIDADE SOBRE AONDE ESSA PESSOA SE ENCAIXA

    ResponderExcluir
  10. Eu quero muuuuito ver o filme! Li o livro e não curti muito o final, acho a Margo uma bela duma vaca (#mejulguem) e meu santo não bateu com o dela. Maaaaas o Quentin, por outro lado, é um amorzinho <3

    ResponderExcluir
  11. HAHA' Fiquei aqui rindo com o comentário seu de que não dá pra ser certinho sempre. Estou precisando fazer umas loucuras em minha vida. Vou tentar assistir ao filme esse FDS. O livro eu achei bem mais ou menos, espero que o filme realmente seja melhor.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Eu tentei assistir ao filme mas não consegui gostar, aconteceu a mesma coisa com o livro, então desisti, talvez outra hora eu tente de novo, mas por enquanto não irei ver o filme e nem ler os livro do john

    ResponderExcluir
  13. Eu já assisti e gostei bastante...
    Uma coisa... eu detestei a MARGO... achei ela muito insuportável..
    gostei da musiquinha de pokemon no filme.. e também sai de lá bem contente..
    pois se eu achava minha vida ruim... percebi que o protagonista tem uma pior... kkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  14. Ainda bem que você deu a permissão pra te julgar !! uhauahauha
    Como assim você não gosta do John Green? Meu Deus!
    Mas aqui, eu li o livro e amei demais, achei bem melhor do que ACEDE - que também amei -, mas ainda não tive a oportunidade de ver o filme. Super chateada com isto.
    Ps: Sempre quis ir a um baile nos EUA também. Vamos marcar um dia desses de ir em um ? uahaua

    Beijos!
    umlugarparaleresonhar.blogspot.com

    ResponderExcluir