22 de setembro de 2015

Resenhando Filme: Hitman: Agente 47

Titulo: Hitman: Agente 47 (Hitman: Agent 47)  
Direção: Aleksander Bach
Gênero: Ação
Duração: 98 min.
Lançamento: 27 de Agosto de 2015
Agente 47 (Rupert Friend) é um assassino de elite geneticamente modificado criado para ser a máquina de matar perfeita. Ele precisa caçar uma mega operação que pretende usar o segredo de sua criação para a formação de um exército imbátivel. Ao juntar forças com uma misteriosa jovem, que pode ser o diferencial para o sucesso da missão, ele vai descobrir segredos de sua origem em uma batalha épica contra seu maior inimigo.




Hitman foi mais um filme de espionagem que fiquei completamente louco para ver, como já disse tenho gostado bastante da maioria dos filmes de espionagem nos últimos anos. Eu achei que o filme nem ia estrear aqui em minha cidade, mas ele entrou em cartaz uma semana depois de seu lançamento e claro não perdi a chance e fui ver, mesmo sendo dublado blergh.

O geneticista Dr. Peter Litvenko liderava um programa secreto que desenvolvia assassinos perfeitos geneticamente modificados para ter uma força, velocidade, resistência e inteligência sem precedentes. Mas o programa acaba saindo do controle e ele acaba sendo desativado e toda e qualquer evidência de que ele existiu simplesmente desapareceram, tanto doutor Litvenko quanto os agentes que restaram sumiram do mapa e as pesquisas foram destruídas.Mas ainda assim muitas outras organizações tentaram reproduzir o projeto Agente, mas ninguém consegui exito.

Mas o Sindicato está disposta a tudo para encontrar o geneticista que deu vida ao programa e para isso eles vão atrás de Katia, a filha de de Dr. Peter. É nesse momento que o 47 entra em ação para tentar impedir que Katia caia nas mãos do Sindicato e que assim eles consigam a localização de Litvenko. Mas Katia não sabe o que está acontecendo e nem em quem deve confiar e acaba aceitando a ajuda de John Smith uma agente do Sindicato que se diz amigo e a protegerá de 47 que está atrás dela para matá-la.

47 acaba por encontrá-los e rapta Katia, quando ele recobra a consciência 47 conta alguns segredos a ela que a fará mudar por completo a sua vida e descobrirá quem realmente é seu verdadeiro inimigo e vai em busca de seu pai entes que ele possa ser encontrado e o programa Agente seja reativado.

Bem eu não sabia bem o que esperar do filme, essas sinopses estão cada dia piores, mas o filme sem sombras de duvidas cumpre sua função de entreter, as cenas de ação e tensão são constantes e as cenas de lutas foram muito bem trabalhadas, mas o roteiro peca um pouco ele não traz nada muito grande, mas ainda assim o filme é sim bom. O filme tem um tom mais sério e talvez seja por isso que ele não tenha sido melhor. 

Hitman: Agent 47 não é perfeito, mas ainda assim assim é um bom filme, ele vai agradar que gosta de muitos tiros, pancadaria e carros de arrasar. Como eu não sabia o que vinha pela frente, eu sinceramente gostei do filme. Sobraram ganchos para um novo filme, mas não sei se o projeto terá continuação.

Observações:
— O filme e baseado num game chamado Hitman;
Zachary Quinto, minha gente!! Esse homem é um Deus!!;
— Patinho de borracha <3;
— Vermelho, muito vermelho;
— Momento propaganda, Audi;
— Qual será o preço do 47?;
— Será que vai ter continuação? Eu quero!

Classificando:

8 comentários:

  1. Apesar de eu ter visto esse filme em cartaz, eu não sabia muito bem do que ele se tratava. Depois que li a resenha do filme, fiquei louco para assisti-lo! Eu adoro filme que é cheio de ação e tensão, pois me deixa super empolgado hahahah Ainda não assisti o trailer, mas irei assisti-lo!

    ResponderExcluir
  2. Eu nem sabia deste filme, primeira vez que vejo falar dele, me pareceu um filme legal, embora eu não curta muita "pancadaria"...rs... Vou ver se assisto. Gostei da dica e da sua resenha!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Tem um game chamado "Hitman"? Imagino que o vermelho seja sangue O.o
    Além de animações, amo filmes de ação e se tem: tiro, pancadaria e carros é comigo rsrs, quero assistir esse filme pra ontem.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  4. Oi Alisson!!!
    Na minha opinião é quase raro um filme de agentes secretos ou policial dar errado, pois mesmo que não seja uma operação grandiosa ou um crime bem planejado, acabamos presos na trama.
    Adoro muita ação e pancadaria kkk Pena que você achou o roteiro meio sem graça.
    Abraço.

    Joseph Luis
    http://planetliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Alisson, tudo bem? Já disse que adoro suas observações no final da resenha, kkk... pois é. Não leria, pois não curto muito filmes de espionagem... mas achei bem legal essa parte de ficção científica da história, esses assassinos perfeitos e tudo o mais. Que bom que mesmo pecando em algumas partes, continue sendo um filme que nos prende a tela e espero que tenha continuação, porque é chato quando fica essas pontas soltas.

    Beijinhos,

    Rafa // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  6. Alisson, mais um filme de espionagem para minha lista de desejados. Já ouvi falarem de Hitman, mas nunca fui mais à fundo para saber do que se tratava especificamente. Agora, como já sei de boa parte da estória, estou fascinado para acompanhar essa onda de tiros e pancadaria.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Alisson
    Eu ainda desconhecia o livro. Até assistiria, mas ainda vou pensar..rs
    Gosto de filmes assim, e não me importo com sangue, mas quem sabe eu me anime mais.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Esse é um tipo de filme que não faz mto minha cabeça, eu gosto de filmes de espionagem e td mais, so que esse eu sinceramente não gostei, não sei o pq, acho que é meio clichê, não sei, msmo vc falando que é bom, eu acho que só veria para agradar meu namorado que gosta mto do estilo tiro, porrada, e bomba.

    ResponderExcluir