26 de outubro de 2015

Resenhando Filme: Vai Que Cola - O Filme

Título: Vai Que Cola - O Filme
Direção: César Rodrigues
Gênero: Comédia
Duração: 94 min. 
Lançamento: 01 de Outubro de 2015
Após ser vítima de um golpe que roubou todo seu dinheiro, Valdomiro (Paulo Gustavo) se muda para a pensão da Dona Jô (Catarina Abdalla) no Méier, bairro localizado no subúrbio do Rio de Janeiro, onde pretende escapar da polícia. Para sobreviver, ele passa a vender quentinhas pelas redondezas. A situação muda mais uma vez quando um ex-sócio consegue fazer com que Valdomiro recupere sua cobertura no Leblon, mas há um problema: como a pensão foi interditada pela Vigilância Sanitária, Dona Jô e os demais moradores se mudam para a casa de Valdomiro.


Bem Vai Que Cola é uma grande sucesso no Multishow e eu até que gosto do programa, pois ele é bem divertido, e então veio a notícia que ele seria lançado no cinema, e claro que eu resolvi ver né? Teve Paulo Gustavo eu to na fila pra ver por que é inegável que ele é carismático e talentosíssimo e não perdi a chance né fui lá ver o filme!!

Valdomiro viu todo o seu dinheiro ir pro brejo depois de cair num golpe, que além de tudo o fez ser procurado pela policia, desde então ele mora na pensão da Dona Jô no Méier, subúrbio do Rio de Janeiro o maior e pior pesadelo de sua vida que ele morava numa cobertura no Leblon, para sobreviver Valdo entrega as quentinhas que Dona Jô vende para as redondezas do bairro.

Em mais um dia entregando quentinha no Méier, Valdo é abortado pelo antigo sócio que te deu o calote e sujou se nome, dizendo que há uma forma dele voltar para sua cobertura no Leblon, Valdo fica completamente maravilhado e vai logo soltando a novidade para o pessoal da pensão e diz logo que vai se mudar imediatamente. Mas um temporal começa e ele acaba esperando a chuva passar para poder ir embora.

O que Valdo não esperava é que o temporal iria acabar causando um grande estrago a pensão e assim a interditando deixando todo mundo na rua, e agora tudo o que resta a fazer é levar aquele povo todo para sua cobertura no Leblon e assim eles vão conhecer um pouco como o Valdo vivia, já que ele já sabe como eles vivem, mas tem algo cheirando mau e todo mundo sabe que o Valdo é malandro.

Humm eu fui com uma certa expectativa ver esse filme sabe gente? Não por ser Vai Que Cola, por que por mais que eu goste do programa, não morro de amores por ele, fui mais por causa do Paulo Gustavo esse sim merece atenção, porém que filme sem pé nem cabeça, o roteiro é uma tremenda bomba, completamente sem sentido e Paulo Gustavo a grande estrela do filme, hora age como ator, hora age como personagem, e isso é uma faca de dois gumes em alguns momentos funciona e em outros não, mas gostei bastante da atuação de Catarina Abdalla (Dona Jô) e a Samanta Schmutz (Jéssica), mas quem realmente se destaca e literalmente salva o filme é Ferdinando que roubou o filme completamente, as melhores cenas e as melhores risadas foram nas cenas em que ele estava presente, uma salva de pinta (viaaaaaaaado) para o Marcus Majella que interpreta Ferdinando, um personagem tão carismático e divertido ainda que caricato e exagerado, de restante do elenco eles mal são trabalhados e se fazem até desnecessários na trama.

Vai Que Cola é um ótimo programa de TV, mas não é perfeito como filme, para quem gosta da serie vai ser um ótimo acréscimo e com certeza vai ser divertido, para quem espera uma grande comedia, você com certeza vai rir, mas história não lá essas grandes coisas.

Observações:
— Gente eu AMO o Ferdinando
— Todas as referências nesse filme, babei arco ires;
— A cenas do Paulo Gustava só foram boas quando ele estava acompanhado do Marcus Majella;
— A pessoa que diz que tem como mulher ideal Barbra Streisand, sem dúvidas tem caroço nesse angu;
— O roteiro é tão bosta que ninguém sabe no que o romance de ... ops não pode é spoiler;
— Esse filme meio que explicaria a ascensão de Ferdinando a apesentador de programa de TV; 
— O "Xuxa foi para a Record" me fez morrer de rir admito;
— Há vá Paulo Gustavo, você não sabe o que é delação premiada em que mundo você vive?;
— Ai uma coisa boa nesse filme foi a trilha sonora!!

Classificando:

6 comentários:

  1. Oi, Alisson
    Não conheço esse programa no Multishow, mas admito que lendo um pouco ele já tem cara de que tem um roteio sem pé nem cabeça rs Acho que não fiquei com muita vontade de ver.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá, Alisson. Consegui acompanhar, de forma direta, as duas primeiras temporadas da série no Multishow. Mas, depois fui ficando com pouco tempo. Entretanto, gostava, e gosto, bastante da série, sempre que posso assisto algum episódio de Vai Que Cola! Fiquei imensamente triste por suas expectativas não serem correspondidas, resultando em apenas duas estrelas e meia.

    ResponderExcluir
  3. Ali, várias pessoas que eu conheço foram assistir ao filme, e tiveram a mesma sensação que você, de que o filme poderia ser muito melhor! Fiquei triste em saber que o Paulo Gustavo foi ofuscado, pois eu gosto muito dele hahaha Eu não assisto á série, no Multishow, porque não tenho TV á cabo, então... Bom, espero assisti-lo quando sair com boa qualidade na internet!

    ResponderExcluir
  4. Sei da existência do programa mas ainda não sentei nenhum dia para assistir. Gosto do Paulo Gustavo desde o conhecia com o filme Minha mãe é uma peça. Mesmo o filme não sendo um dos melhores, como você deixou claro na resenha eu assistiria só pelas risadas, como você mesmo disse, a comédia é boa se não se importar com a história, então quero conferir o filme.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  5. Bom, sua resenha está muito boa, mas não curto muito filmes desse estilo, então por esse motivo não me interesse muito e não pretendo assistir no momento.

    ResponderExcluir
  6. Por mais que eu tenha achado a história interessante e importante valorizar os trabalhos nacionais, não consigo gostar da comédia brasileira, pois a maioria é "besteirol" e esse tipo de humor me irrita. Não sei se é o caso do filme, pois nunca vi.

    Beijo

    ResponderExcluir