7 de dezembro de 2015

Resenha: A Espada do Verão - Rick Riordan

Título: A Espada do Verão (The Sword of Summer)
Série: Magnus Chase and the Gods of Asgard #1
Autor: Rick Riordan
Editora: Intrínseca
Ano: 2015
Páginas: 448
Às vezes é necessário morrer para começar uma nova vida...
A vida de Magnus Chase nunca foi fácil. Desde a morte da mãe em um acidente misterioso, ele tem vivido nas ruas de Boston, lutando para sobreviver e ficar fora das vistas de policiais e assistentes sociais. Até que um dia ele reencontra tio Randolph - um homem que ele mal conhece e de quem a mãe o mandara manter distância. Randolph é perigoso, mas revela um segredo improvável: Magnus é filho de um deus nórdico. 
As lendas vikings são reais. Os deuses de Asgard estão se preparando para a guerra. Trolls, gigantes e outros monstros horripilantes estão se unindo para o Ragnarök, o Juízo Final. Para impedir o fim do mundo Magnus deve ir em uma importante jornada até encontrar uma poderosa arma perdida há mais de mil anos.
Bom para aqueles que não sabem, Rick Riordan é um dos meus autores favoritos, eu adoro mitologia e os livros dele sobre tais temas são maravilhosos, então claro que eu não poderia deixar de ler essa nova série sobre mitologia nórdica que ele está escrevendo, sendo sincero esse foi um dos livros que mais esperei esse ano.

Magnus tinha uma vida boa e feliz ao lado de sua mãe, até que eles foram atacados e ela acabou sendo morta enquanto dava tempo para que ele fugisse e desde então o garoto tem vivido nas ruas de Boston, sobrevivendo da forma que pode, fugindo das vistas dos assistentes sociais e policiais, mas nesse tempo em que vive nas ruas Magnus fez dois grandes amigos Hearthstone e Blitzen com quem ele pode contar sempre. Magnus pensou ter sido completamente esquecido, mas logo ele descobre que não, Blitz chega com uma notícia que o desestrutura, ele está sendo procurado, um senhor e uma garota estão distribuindo cartazes tentando descobrir o paradeiro dele, logo Magnus decide descobrir quem são as pessoas que estão atrás dele e quando ele os vê ele fica sem reação, feliz e desconfiado, são seu tio Frederick e sua prima Annabeth.
— Quem está atrás de mim?
— Sei lá. — Blitz esfregou o nariz, que, depois de tantas vezes quebrado formava um zigue-zague que nem um raio. — Tem um pessoal aí distribuindo panfletos com o seu nome e uma foto sua.
Mas Magnus ainda lembra do último encontro que teve com sua família e sua mãe deixou bem claro que ele não deveria confiar em seus tios, principalmente em Randolph. Num ato impensado Magnus acaba invadindo a casa de Randolph para descobrir por que somente agora passaram a procurar por ele, mas ele acaba encontrando o tio que lhe revela um grande segredo, ele é filho de um deus nórdico. E que agora que ele tem 16 anos, corre um grande perigo.
— Quero uma resposta — exigi. — Uma resposta clara, sem enrolação e sem aulas de história. Você disse que conhece meu pai. Quem é ele?
Randolph colocou a mão na minha, e isso fez meu corpo se contorcer. A palma da mãe dele era áspera e calejada demais para um professor de história.
— Pela minha vida, Magnus, juro que está é a verdade: seu pai é um deus nórdico.
Magnus não acredita no tio mas, acaba cedendo e o acompanha até o lugar onde ele deveria encontrar a espada que um dia pertenceu a seu pai, mas o que ele não esperava é que Surt um gigante de fogo fosse aparecer para impedi-lo de recuperar a espada, Magnus acaba lutando com o gigante e o derrotando, porém, o inesperado acontece, Magnus morre, e é nesse momento que Samirah uma valquíria o leva para o Hotel Valhala, ao chegar lá ele descobre que agora é um einherjar e ficará no hotel até chegar a hora do Ragnarök, mas uma profecia é anunciada e Magnus terá nove dias para encontrar a Espada do Verão novamente e impedir que ela seja usada para libertar a grande fera que dará inicio ao Ragnarök.

Magnus me conquistou e hoje ele toma o posto de protagonista preferido dos livros do Rick Riordan, amo todos os outros, mas o Magnus é ótimo, ele sarcástico, engraçado quase sempre, inteligente, cara ele gosta de livros e séries, mas acima disso ele é um grande herói como os protagonistas de outras series do autor.
Meu nome é Magnus Chase. Tenho dezesseis anos. Esta é a história de como minha vida seguiu ladeira a baixo depois que eu morri.
Heart e Blitz são os melhores amigos do Magnus, eles são companheiros do garoto desde quando ele passou a morar na rua, os dois sempre tomaram conta dele ou ao menos tentaram né? Cada um possui uma personalidade e sonhos, sonhos estes que são a causa deles estarem ao lado de Magnus.

Samirah é uma harpia, sua função é levar guerreiros de grande valor que morrem para o Hotel Valhala, ela é valente e forte, mas vem de uma família muito tradicional e mesmo tendo sido escolhida por Odin para assumir tal função ela ainda é mal vista por ser filha de quem. Samirah é uma personagem intensa e que leva muito a série suas funções, tentando de todas as formas manter sua parte harpia escondida de sua família.

Eu sinceramente não fiz nada além de amar esse livro, eu adoro a forma como o Rick trabalha a mitologia que ele usa no livro, encontrei deuses que nem imaginava existir nesse livro e fiquei muito encantado com mitologia nórdica, Rick realmente fez um ótimo trabalho com esse livro. É simplesmente impossível não ficar entregue ao protagonista mais do que carismático e aos seus companheiros que são bem na medida para que a aventura seja inesquecível! Adoro quando os autores referenciam suas outras series em seus livros, e uma outra coisa que amo nos livros do Rick é que todos possuem sumário e não sei porque mas adoo livros com sumários.
— Você pode fazer um glamour e virar uma coisa menor? De preferência algo que não uma corrente, porque não estamos mais nos anos 1990.
A espada respondeu (dã), mas imaginei que estivesse zumbindo em um tom mais interrogativo, como Tipo o quê?
— Sei lá. Alguma coisa que caiba no bolso e seja inofensiva. Uma caneta, Talvez?
A espada pulsou, quase como se estivesse rindo. Imaginei-a dizendo: Uma caneta que vira espada. É  a coisa mais idiota que já ouvi.
A Espada do Verão foi uma leitura encantadora, coisa que eu já esperava vindo de um livro do Rick Riordan, um livro muito bem trabalhado, com personagens que sem dúvidas vão agradar, mal vejo a hora de sair o próximo livro. A capa do livro não poderia me deixar mais satisfeito, uma das mais bonitas feitas para um livro do Rick, a diagramação do livro está ótima, não encontrei nenhum problema de revisão e a fonte do livro tem um tamanho agradável para a leitura.

Classificando:

12 comentários:

  1. Teve o lançamento desse livro perto da minha cidade e não tive como ir, pois queria muito ter ido, quero muito ler A Espada do Verão, ainda não li nem um livro do Rick Riordan, mas vejo muitos comentários positivos em relação aos livros dele.
    Sua resenha está muito boa, depois de ler tantos comentários positivos em relação ao livro e saber que a história é encantadora, fiquei mais ansiosa ainda para começar a ler esse livro.

    ResponderExcluir
  2. Uau!!! Com essa recomendação fiquei curiosa hehehe
    Eu não conheço seu autor amado, vou dar uma procurada, mas acho que vi essa capa em algum vlog esses dias. Acho que é esse mesmo.

    >> Vida Complicada <<

    ResponderExcluir
  3. Gosto de mitologia também, mas conheço muito pouco da nórdica, fiquei conhecendo um pouco mais dela depois de conhecer o personagem Thor. Bem eu gostei deste livro, embora ainda não tenha lido nada do autor achei seu enredo muito interessante. E Magnus quando sua vida não está nada fácil descobrir que é filho de um deus, que coisa, é muita coisa para um adolescente assimilar, por isto imagino que o livro deva ser ótimo e cheio de aventuras. Espero que o próximo livro te agrade tanto quanto este. Gostei muito da resenha e da dica, espero poder conferir esta obra em breve.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Acredita que nunca li nada do Rick Riordan. Até pensei em ler a serie do Percy, mas depois desanimei vendo a minha estante cheia de livros e eu nem li.
    Esse livro do Magnus Chase ganhou como o melhor infanto-juvenil no Goodreads, aí fiquei animada de ler.
    Gostei do Magnus pelo que vc descreveu, ele sendo sarcástico, engraçado e as vezes inteligente, hehe.
    Achei a capa linda e vou tentar ler.
    Beijos

    ♥ Blog Livros e Sushi ♥
    https://livrosesushi.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  5. Olhaaa, eu achei desnecessário vc contar a morte de Magnus... podia contar até a luta com o gigante e aiii o que vc achou do livro :(
    Pra mim foi um spoiler... mas eu te perdoo, hahahaha.
    Eu adoro mitologia e apesar de nunca ter lido nada desse autor conheço a sua fama e tenho vontade de conhecer sua obra.
    Ahh, e espero que magnus vingue a morte da mãe...
    Gostei da resenha e fiquei com vontade de ler!

    ResponderExcluir
  6. Ainda não tive oportunidade de ler nenhum livro do autor mas tenho imenso interesse, pois adoro esse tema de mitologia,(ainda mais quando é nórdica)que é um dos meus preferidos, gostei bastante da resenha e espero ler o livro em breve.

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Apesar de ouvi falarem muito bem do autor os livros dele me trazem a sensação de que são livros pra adolescentes, sei lá.
    Não gosto de mitologia, somando a minha sensação só poder dar em não ter a pretensão de ler.
    Deixo mesmo pra quem curte.
    Bjokas!

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Gostei muito de saber que o Rick Riordan estava vindo com mais uma serie ainda mais sendo me mitologia nórdica que ainda não conhece muito, a historia parece ser bem legal e gostei desse gancho que ele puxou com sua outra serie e que podemos ver a Annabeth !!

    ResponderExcluir
  9. Um personagem que gosta de livros e série?! E ainda é do Tio Rick <33, só quero ver se ele consegue superar o Nico (na minha opinião haha). Amo a forma como o Rick escreve, mas não posso começar mais uma série, tô achando que vou parar de ler suas resenhas haha.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  10. Oi Ali!
    Tenho que falar que eu sou extremamente chata e não gostava do Riordan pelo boom que Percy Jackson teve (não, nunca li e nem quero hahaha), mas depois que li AS Crônicas dos Bane até que simpatizei com o autor, é inegável que ele escreve muito bem. Esse livro em questão me interessou por conta de mitologia nórdica, que eu não conheço muito mas acho super legal, e tenho que confessar que por conta da capa também, que achei muito linda e queria ter na minha estante rs

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nath, kkkkk era Kane né? Porque já ia dizer que as crônicas de Bane é escrita por Cassandra Claire kkkkkkk, também amei os Kane uma história muito boa e com um final também muito bom!!

      Xo

      Excluir
  11. Você curte muito milogias, né? Vou te dar um livro de mitologia, aguarde. UAIHOHA
    Mas enfim, lá vai a Silviane comentar que nunca leu nada desse autor. Pois é... nem o famoso Percy Jackson eu dei chance (nem os filmes kkkk), mas tô vendo que vai chegar a hora que vou me render e acabar virando a louca das mitologias igual você. :P

    ResponderExcluir