15 de dezembro de 2015

Resenha: Minha Vida Mora Ao Lado - Huntley Fitzpatrick

Título: Minha Vida Mora Ao Lado (My Life Next Door)
Série: (My Life Next Door #1)
Autor: Huntley Fitzpatrick
Editora: Valentina
Ano: 2015
Páginas: 320
Livro cedido pela editora para leitura 
"Minha mãe nunca ficou sabendo de uma coisa, algo que ela reprovaria radicalmente: eu observava os Garrett. O tempo todo."
Os Garrett são tudo que os Reed não são. Barulhentos, caóticos e afetuosos. São de verdade. E, todos os dias, de seu cantinho no telhado, Samantha sonha ser uma deles, ser da família. Até que, numa noite de verão, Jase Garrett vai até lá e...
Quanto mais os adolescentes se aproximam, mais real esse amor genuíno vai se tornando. Contudo, precisam aprender a lidar com as estranhezas e maravilhas do primeiro amor. A família de Jase acolhe Samantha, apesar dela ter que esconder o namorado da própria mãe.
Até que algo terrível acontece, o mundo de Samantha desmorona e ela é repentinamente forçada a tomar uma decisão quase impossível, porém definitiva. A qual família recorrer? Ou, quem sabe, Sam já é madura o bastante para assumir suas próprias escolhas? Será que está pronta para abraçar a vida e encarar desafios?
Quem você estaria disposto a sacrificar pela coisa certa a se fazer? O que você estaria disposto a sacrificar pela verdade?
Eu descobri esse livro no Goodreads, li a sinopse e fiquei completamente encantando por ele, eu tinha que ler, bem logo a Valentina anunciou que tinha comprado o direito do livro e resolvi esperar, enfim o livro foi lançado e claro corri para solicitar e poder ler essa maravilha que a tanto tempo estava querendo ler.

Samantha tinha sete anos e estava no quintal no exato momento em que os Garrett se mudavam para a casa vizinha, e logo ela viu o desgosto que sua mãe teve por aquela família, ela achava absurdo e uma irresponsabilidade ter tantos filhos e quando chegaram ao bairro os Garrett já possuíam cinco, logo ficou claro para Sam que ela não deveria se misturar com a família vizinha, Samantha obedeceu a mãe, porém, ela fazia uma coisa que com certeza sua mãe não veria com bons olhos, Sam observava os Garrett. Sam observou os Garrett por dez anos pelo lado de fora de sua janelo do quarto, ela tinha um grande fascínio pela família que agora já somava sete filhos, ela sempre achou aquele tumulto interessante, sua família sempre foi ela, a mãe e sua irmã já que o pai dela as haviam deixado quando a mãe de Sam estava grávida dela. 
Estávamos no nosso quintal, dez anos atrás, no dia em que o sedã caindo aos pedaços estacionou em frente à casa de telhado baixo que fica bem ao lado da nossa casa, logo atrás do caminhão da mudança.
— Ai, não... — suspirou minha mãe, deixando os braços caírem. — Eu estava torcendo para não precisarmos passar por isso.
Os dez anos se passaram e muita coisa mudou, a mãe de Sam agora é deputada e não costuma estar em casa como costumava ficar antigamente e Sam se sente cada dia mais sozinha principalmente agora que sua irmã Tracy está prestes a ir para a universidade. Numa noite Sam ouve a campainha tocar e quando abre a porta vê sua mãe aos beijos com um homem que ela nunca viu, Sam fica pasma com a atitude da mãe que sempre repudiou tal tipo de demonstração e as coisas só pioram quando Clay já chega marcando território como se ele fosse o dono da casa, para se acalmar ela vai fazer sua atividade preferida observar os Garrett, porém nessa noite as coisas mudam quando um Garrett sobe até seu telhado é Jase, logo Samantha se abre para ele e nesse momento começa a amizade entre os dois.
Minha mãe nunca ficou sabendo de uma coisa, algo que ela reprovaria radicalmente: eu o observava os Garrett. O tempo todo.
É verão e Sam está de férias e ela aproveitar para economizar dinheiro trabalhando, quando ela volta para casa depois de um dia de trabalho ela vê Jase concertando uma moto e vai falar com ele, o papo logo começa a fluir e a partir desse momento as coisas começam a acontecer de forma gradativa, Sam logo conhece a família de Jase e passa a conviver com os mesmos, principalmente depois que eles começam a iniciar o relacionamento, mas o que sua mãe achará disso? E o que Samantha irá fazer quando algo inesperado acontece e Samantha terá de fazer uma escolha, qual família ela irá escolher?

Samantha é uma personagem muito fácil de gostar, ela sempre foi a filhinha da mamãe, mas quando ela começa a se envolver com os Garrett ele percebe que chegou a hora de mudar e tentar ser diferente do que todo mundo espera, ser quem ela realmente é, e é exatamente isso o que me agradou na personagem, ela é forte, amiga e sabe se virar. Samantha sem dúvidas evolui muito durante o desenvolver da história.

Jase é determinado, essa é a melhor adjetivo que se pode dar a ele, Jase ama sua família mais do que tudo, é educado, carinhoso, paciente e presente, características perfeitas para um amigo/namorado. Gostei muito do Jase ele é um personagem forte e gostei muito do efeito que ele causou na Sam
— Então você não segue um estilo? — Eu me sento no gramado ao lado da garagem.
— Não. Sou exatamente o que você está vendo. — Ele sorri para mim de novo.
Outros personagens que acrescentam bastante a trama são Timmy amigo da Sam de infância que começa de uma forma chata, mas que melhora muito com o passar da história. Nam a irmã gêmea de Timmy e também amiga de infância de Sam, essa eu simplesmente quis matar. E por último George um dos irmãos mais novos de Jase ele foi motivos de várias gargalhadas minhas, adorei ele!
— É claro que não. Só vou me trocar.
— Troca não. — George estende a mão para encostar na minha saia com o dedo encardido. — Eu gostei . Você parece a Sailor Mooon.
— Pareço mais uma Barbie Marinheira, George. Tenho que me trocar porque trabalhei a manhã inteira com esta roupa e ela está cheirando a ovo com bacon.
— Eu gosto de ovo com bacon — explica George. Mas... — O rosto se fecha. — Você sabia que o bacon vem — lágrimas brotam nos seus olhos — do porquinho Willbur?
Gente o livro é tão gostosinho de ler, leve e despretensioso e o clima de verão deixa o clima do livro ainda melhor, e eu realmente adorei a leitura, mas como disse mais a cima eu estava louco para ler esse livro e criei certa expectativa sobre ele, amei todo o desenvolvimento da história, mas, achei que o final foi muito fácil, básico, comparado com tudo o que acontece durante toda a história do livro e por isso não favoritei o livro, mas sem duvidas ele me promoveu uma ótima leitura. 

Minha Vida Mora Ao Lado não foi uma leitura completamente maravilhosa como esperava, porém ela foi quase perfeita, e enfim matei minha curiosidade quanto a história e só posso concordar com todos os prêmios que o livro recebeu, pois, ele é realmente muito bom. A capa do livro é simplesmente linda, tão linda quanto a original, a Valentina arrasou na edição, a diagramação do livro está belíssima os capítulos iniciam parecendo um diário e todas as páginas tem um detalhe fofo, não encontrei nenhum problema com a revisão do livro e a fonte tem um ótimo tamanho para leitura.

Classificando:

13 comentários:

  1. Não conhecia, parece ser bom.
    Fiquei curiosa para saber o que aconteceu para Samantha ter que escolher entre as duas famílias...rs
    Pena que o final não é tão bom.

    ResponderExcluir
  2. Me interessei por esse livro desde que vi ele entre os lançamentos, e pelo nome que me chamou muito a atenção, lendo um pouco mais sobre a história na sua resenha, acredito que irei gostar do livro, pretendo ler Minha Vida Mora ao Lado em Breve.

    ResponderExcluir
  3. Quero muito este livro. Gostei da trama criada pelo autor, dessa discussão de o que é mais importante na nossa vida, o amor/alegria ou o dinheiro. E o romance da obra é fofo e lindo. Estou com muito expectativa com ele, assim como você, espero que ele não me decepcione, que eu goste assim como você gostou. Amei a resenha.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Alisson.

    Realmente essa é uma ótima leitura. Amei os Garrett e a Sam. Gostei do princípio que o livro fala. Sempre falar a verdade. O romance super fofo e me encantou. Também faltou para mim aquele "algo mais" para favoritar o livro.

    Beijos.
    Visite: Paradise Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amei o livro, mas realmente foi uma pena não ter quele tchan que eu realmente estava esperando no final do livro!!

      Xo

      Excluir
  5. Eu gostei da premissa...
    Fiquei esperando por algo mais uau em relação a mãe de Sam... porque ela não quer que a filha se aproxime dos vizinhos? aii tem... pelo manos me pareceu, mas não vi nenhum indicio em sua resenha.
    Eu achei meio, dã a parte que Sam abre a porta e pega sua mãe com uma cara. Ela foi tão descuidada assim?
    Enfim, eu vou ter que ler para tirar minha próprias conclusões, né?

    ResponderExcluir
  6. Primeira resenha que leio desse livro e de cara já gostei, até o momento só tinha lido a sinopse mas mesmo assim não tinha prestado muita atenção.
    gosto de ler livros que tem familias numerosas pois me lembram Os Weasleys e Os Bridgertons.

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    O livro tem uma temática bem legal, e a história deve ser também. Mas não é o tipo de leitura que gosto, você comentou que é um livro leve e eu não curto esse tipo de livro, nem de vez em quando, sou de leituras fortes e intensas, livros leves não me prendem, acabo sempre demorando horrores para acabar.
    Mas pra quem gosta é uma ótima dica.
    Bjokas!

    ResponderExcluir
  8. Hello!
    Estou bem curiosa para ler Minha Vida Mora Ao Lado da Huntley Fitzpatrick!
    Gostei do que apresentou dos personagens e até me identifico com a Samantha, preciso ler pra confirmar hehe.
    Fiquei curiosa para conhecer os irmãos e quem sabe decorar os nomes, hahah...uma pena q seja livro único, seria legal ter mais livros dos outros irmãos.
    Pelo que já li sobre o livro, ele merece mesmo todos os prêmios.
    Beijos.

    ♥ Blog Livros e Sushi ♥
    https://livrosesushi.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Me indicaram esse livro e desde lá fiquei bem curiosa sobre a historia, gostei muito dos personagem principalmente da Samantha fiquei curiosa sobre esse algo inesperado, que parece que ira trazer reviravoltas para a historia e gostei da escrita da Huntley Fitzpatrick ela consegue nos envolver com a historia mesmo lendo a resenha !!

    ResponderExcluir
  10. Oi Ali,
    Só pela resenha já gosto da Sam haha, já o Jase será só com a leitura, por você falar do verão, parece uma leitura maravilhosa para ser feita deitada em uma rede <3.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  11. Expectativa é um negócio complicado né, acaba atrapalhando a leitura, as vezes vc poderia até ter gostado mais ainda. Eu me interessei por esse livro por causa da capa que achei linda, e agora que sei como é a história quero muito ler sim.

    ResponderExcluir
  12. Eu criei uma expectativa absurda para esse livro quando vi a capa e sinopse, e depois daquele email da Carina eu fiquei beeem encucada achando que aconteceria algo realmente grande nessa história. Gostei? Sim, achei um bom livro. Mas infelizmente ele é mais do mesmo, sem nenhuma grande novidade. :(

    ResponderExcluir