10 de dezembro de 2015

Resenha: Vida e Morte - Stephenie Meyer

Título: Vida e Morte (Life and Death: Twilight Reimagined)
Série: Twilight #5
Autor: Stephenie Meyer
Editora: Intrínseca
Ano: 2015
Páginas: 391
Quando Beaufort Swan se muda para a sombria cidade de Forks e conhece a misteriosa e sedutora Edythe Cullen, a sua vida dá uma volta emocionante e aterrorizadora. Com a sua pele de porcelana, olhos dourados, voz hipnotizante e dons sobrenaturais, Edythe é ao mesmo tempo irresistível e enigmática. O que Beau não percebe é que, quanto mais se aproxima dela, mais se coloca a si mesmo, e àqueles que o rodeiam, em risco. E pode ser demasiado tarde para voltar atrás...Para comemorar o décimo aniversário de "Crepúsculo", Stephenie Meyer escreveu "Vida e Morte", uma reimaginação ousada e fascinante da icônica história de amor, que irá surpreender e fascinar os leitores. Esta dupla edição especial inclui um prefácio da autora, bem como o romance original.
Quando foi anunciada essa edição de aniversário do livro Crepúsculo, juro que tive um mistura de emoções, acho que assim como eu muitos preferiam que ela tivesse terminado de escrever Sol da Meia-Noite, mas sinceramente achei interessante essa troca de gênero e resolvi dar uma chance a essa nova edição do livro, afinal Crepúsculo me trouxe pro mundo literário eiu leria qualquer coisa derivada da saga!

Beaufort decidiu se mudar para Forks e viver com seu pai, agora que sua mãe casou novamente ele quer dar mais espaço para que ela possa estar com seu marido, Beau sabe que ela só fica em casa por causa dele, então em prol da felicidade de sua mãe ele decide se mudar para Forks, a cidadezinha pequena e chuvosa em que seu pai mora e que é seu maior pesadelo, ele sabe que não vai ser fácil, mas ao menos sua mãe estará feliz.
— Eu quero ir — menti. Nunca menti bem, mas vinha contando essa mesma mentira com tanta frequência ultimamente que agora parecia quase convincente.
— Diga ao Charlie que mandei lembranças.
— Vou dizer
— Verei você em breve — prometeu ela. — Pode vir para casa quando quiser... Eu volto assim que você precisar de mim.
Mas eu sabia o quanto lhe custaria fazer isso.
Tudo o que Beau não quer é chamar atenção quando chega a Forks, princialmente na escola, mas tudo aconteceu exatamente ao contrario, por ser o garoto novo ele acaba por chamar atenção demais, atenção da maioria das garotas da escola, coisa que ele realmente não esperava nenhum um pouco receber. Mas uma garota chamou sua atenção Edythe, Edythe Cullen, mas logo no primeiro encontro com a garota na sala de aula as coisas não vão bem, ela reage mal a sua presença como se ela já o odiasse sem nem ao menos conhecê-lo. Uma semana se passa desde o primeiro encontro com Edythe e mais uma vez eles se encontram na sala, mas dessa vez ele é agradável e educada, se apresenta e conversa com ele.
— Você é Beaufort Swan, Não é? — Ela parecia direitinho o tipo prestativo de clube de Xadrez.
— Beau — corrigi. Todo mundo num raio de três carteiras se virou para me olhar.
— Qual a sua próxima aula? — perguntou ela?
Tive que olhar na mochila.
— Hummm, educação física, com Jefferson, no prédio seis.
Para onde quer que eu me virasse encontrava olhas curiosos.
— Vou para o prédio quatro, posso mostrar o caminho. — Sem dúvidas, super prestativa. — Meu nome é Erica — acrescentou ela.
Eu forcei um sorriso.
— Obrigado.
Beau sempre foi um ímã de acidentes, ele poderia tropeçar mesmo se estivesse caminhando em um superfície plana, ele estava no estacionamento da escola quando uma van desgovernado vinha direto em sua direção, porém Edythe o salva e logo Beau fica intrigado como ele conseguiu chegar tão rápido a tempo de salvá-lo e de onde ela tirou toda aquela força? É a partir desse momento que Beau vai descobrindo dos segredos de Edythe e de sua família, segredos esse que podem por sua vida em grande risco.
— Francamente, Edythe. — Senti um arrepio subir pelo corpo ao dizer o nome dela em voz alta, e odiei isso. — Eu não consigo entender você. Pensei que não quisesse ser minha amiga.
— Eu disse que seria melhor se não fossemos amigos, e não que eu não queria ser.
Beau é um personagem interessante, ainda que ele seja uma versão masculina da Bella, ele se faz muito mais fácil de lidar, Beau é bem menos ranzinza do que Bella como exemplo, uma coisa que eu gostei no Beau é forma como ele reage as coisas, as vezes ele consegue ser muito mais estérico do que a Bella e em outros momentos parece que nada aconteceu, mas num saldo final eles são bem parecidos, mas definitivamente prefiro o Beau a Bella.

Edythe segue o mesmo grau de perfeição de Edward, eu não quase nenhuma diferença entre os dois personagens, chego a dizer que fiquei sem palavras sobre a personagem, mas ainda assim não consegui achar a Edythe mais interessante do que o Edward, mas talvez isso de dê ao fato de eu ter contato com o Edward em quatro livros enquanto a Edythe somente um.

Archie é sim, com toda certeza o meu personagem preferido do livro inteiro, sempre fui apaixonado pela Alice ela é aquela personagem que marca e te faz sorrir e foi exatamente assim que fiquei ao conhecer o Archie, esse foi o personagem que se manteve perfeito não importante o gênero que tomasse Archie/Alice amor eterno.

O que foi esse livro minha gente? Eu simplesmente adorei a leitura, e nossa como eu estava com saudades do universo Crepúsculo, a leitura foi simplesmente gostosa e fluida e acreditem se quiser eu fiquei muito ansioso com o que lia, parecia que estava lendo tudo pela primeira vez, quando na verdade o  livro reconta uma história que a gente já sabe apenas com os gêneros trocados. Mas a melhor parte do livro? é o final, a Stephenie fez um ótimo trabalho com essa releitura, não houve nada mais de minha parte além de encantamento ao fazer a leitura. Lembrando que o livro é uma edição de aniversário e veio numa edição vira-vira de uma lado Crepúsculo e do outro Vida e Morte.

Vida e Morte foi uma leitura melhor do que esperava, até porque eu já conhecia a história do livro, sem sombras de dúvidas o livro irá agradar muito quem for fã da saga e claro também pode agradar a quem está chegando agora ao mundo literário. Sinceramente? Já estou na expectativa de um filme rsrs. A capa do livro mudanças continua referenciando a primeira capa e sim acho ambas muito bonitas, a diagramação do livro está  bom, porém encontrei alguns problemas com a revisão, perincipalmente nas trocas de gênero das falas, a fonte tem um tamanho agradável a leitura. Como disse essa edição é vira-vira, foi um pouco incomodo para ler pois o livro ficou grosso e eu não queria machucar a lombada, se um dia sair uma edição só Vida e Morte compre sem dúvidas!!

Classificando:

18 comentários:

  1. Bom, eu ainda não li Crepúsculo e assisti somente o primeiro filme, mas futuramente pretendo ler, esse livro parece ser bem interessante lendo sua resenha e história me pareceu ser muito boa, e essa edição de capa dura está linda demais.

    ResponderExcluir
  2. sério que é assim tão igual crepúsculo? gostei não... achei que fosse algum tipo de continuação. Ela parece praticamente só ter mudado o gênero dos personagens. desanimei legal...

    Bjo
    www.sigolendo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É a mesma história apenas com a mudança gênero, sim é igual a Crepúsculo rsrs!! Mas o final faz valer a pena!!!

      Xo

      Excluir
  3. Ah eu queria muito que ela tivesse terminado de escrever O Sol da Meia Noite, queria mesmo, achei essa coisa de inverter os gêneros chata demais, e pelo que li na sua resenha não haverá surpresa alguma, é a mesma história, até o acidente da van, eu esperava alguma mudança, no fundo eu esperava algo mais, mas pelo jeito não existe este algo mais. Bem eu não sei se leria, gostei muito da sua resenha, mas como já disse, não tenho interesse me ler repeteco, prefiro ler Crepúsculo de novo, mas não descarto a leitura totalmente, talvez leia por curiosidade.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mayla, Sol da Meia Noite seria perfeito né? Mas querendo ou não seria repeteco já que conta a mesma história na visão do Edward rsrs!!

      Acho que vale a pena ler sim por motivo de o final é diferente hahahah

      Xo

      Excluir
  4. Eu não consegui ler Crepúsculo e tentei ler o primeiro. dai vi o filme e puf, parei por ai.
    Esse livro é tipo uma releitura? Não entendi bem... porque foi mencionando os personagens de crepúsculo como que só tivesse mudado o sexo de cada um neste livro... Desculpa, mas boiei e até fiquei curiosa, hahaha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É a mesma história os personagens apenas mudaram de gênero!!

      Xo

      Excluir
  5. Gostei muito de ler a saga Crepúsculo, serio mesmo, mas confesso que não tenho interesse em ler esse livro, já que tudo é igual a unica diferença é os nomes e a inversão do personagens principais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O final é completamente diferente e me agradou muito!!!

      Xo

      Excluir
  6. Oiee!
    Pra mim falou em Crepúsculo eu vou pra longe.
    Não curto e não vai ser esse livro que vai mudar isso, ainda mais sendo tão igual.
    Melhor deixar pra quem se interessa na leitura, não é o meu caso.
    Bjokas!

    ResponderExcluir
  7. Hello!
    Nunca li nada da Stephenie Meyer, já assistir aos filmes, mas não terminei a serie toda, então nem sei o que acontece com a Bella e o Edward, nem spoiler eu peguei hehehe.
    Quando soube da ideia de inverter os gêneros e fazer um novo livro, confesso que achei desnecessário, mas muitos fãs amaram, inclusive gostaram muito da história.
    Também acho que seria melhor ela terminar o Sol da Meia-Noite, acho que a visão dele seria mais interessante para a série
    Bom saber que vc adorou a leitura e como eu nunca li nada, vou tentar ler essa versão pra ver se gosto mais dos vampiros de crespusculo.
    Beijos.

    ♥ Blog Livros e Sushi ♥
    https://livrosesushi.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suzzy Crepúsculo é meu amorzinho!! Sol da meia noite seria fantástico, mas não vai rolar infelizmente! Gostei porque o final foi muito interessante!! Se você chegar a ler espero que goste!

      Xo

      Excluir
  8. Oi!
    Estou lendo esse livro ainda no começo, mais achei legal a ideia da Stephenie também preferia que ela terminasse Sol da Meia-Noite mas sendo um presente de aniversario da saga que era só para ser uma mensagem qualquer coisa a mais e bônus mais gostei muito desses personagens com certeza Alice ou Archie não tem como não amamos ela, e está sendo muito legal ver a Edythe e o Beau e relembrar a Bella e o Edward !!

    ResponderExcluir
  9. Oi Ali,
    Sem querer ser grossa, mas já sendo eu detesto Crepúsculo, mas achei interessante esse presente que a Stephenie Meyer deu para os fãs.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  10. Alice é perfeita em qualquer gênero *-*
    To louca pra ler esse livro porque tenho a impressão que vou gostar bem mais pelo fato de ser o Beau, ele me parece ser mais legal que a Bella que por um acaso acho extremamente CHATA CHATA E CHATAAAA aushaus lendo sua resenha até me deu vontade de reler a série.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiim Alice é maravilhosa!!
      Espero que leia logo!!

      Xo

      Excluir
  11. Aaah, essa foi a primeira resenha que eu li inteira sobre esse livro e fiquei contente por ser positiva. Acho que vi uma outra comentando que é muito ruim e etc etc, mas provavelmente a pessoa nem deveria ser fã.
    Eu tenho um carinho enorme pela saga e estou louca para ler esse; Espero gostar dos novos personagens mesmo com a troca de gênero.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem comentou mal é porque realmente não gosta de Crepúsculo posso afirmar, porque quem gosta vai amar!!
      Você gostar é do final!!!

      Xo

      Excluir