21 de março de 2016

Resenha: O Leão Ferido - Mia Sheridan

Título: O Leão Ferido (Leo's Choice)
Série: A Sign of Love #3
Autor: Mia Sheridan
Editora: Arqueiro
Ano: 2015
Páginas: 240
Já Resenhei: A Voz do Arqueiro (A Sign of Love #1), O Coração do Leão (A Sign of Love #2).
Livro cedido pela editora para leitura 
Leo se apaixonou por Evie quando os dois ainda eram crianças, no lar adotivo temporário em que viviam. No futuro difícil que parecia guardado para ele, a única certeza de seu coração era que nada jamais o afastaria daquela garota.
Mas, na adolescência, ele foi adotado e teve que se mudar para outra cidade. Durante oito anos eles ficaram afastados contra a vontade e, nesse tempo, Leo precisou superar muitos obstáculos – sobretudo os problemas criados pela mãe adotiva – para se tornar o homem que merecesse Evie e pudesse finalmente buscá-la.
O reencontro, porém, não foi fácil e Leo teve que se esforçar para se reaproximar de Evie, reconquistar seu amor e, com sua ajuda, deixar para trás toda a tristeza de uma infância de abandono.
Em O Coração do Leão, Evie narrou seu lado desse romance. Agora, em O Leão Ferido, é a vez de Leo contar tudo o que lhe aconteceu e revelar o desfecho dessa história de amor.
Depois de ter lido O Coração do Leão e ter amado é claro que eu leria esse livro né? Queria conhecer o lado de Leo de toda a história e saber o que ele passou durante esse tempo que ele esteve afastado de Evie e claro descobrir um pouco mais sobre a personalidade do personagem que me agradou muito.

Leo está se recuperando de um acidente no hospital, mas as coisas não estão nada fácil, sua mãe ainda continua a perturbá-lo e agora um psicologo o visita todos os dias, Leo até tenta não se abrir com o médico mas ao poucos ele percebe que se abrir será melhor do que guardar todo o turbilhão de sentimentos que ele tem dentro de si.
— Bom dia, Jake — diz, sorrindo.
Ele entra e deixa a porta se fechar.
O Dr. Fox é o psicologo do hospital e vem me visitando faz duas semanas, mas não tenho uma palavra sequer para dizer a ele. Não estou interessado no que ele tem a oferecer. Ponto final.
Quando ele enfim consegue deixar o hospital e se organizar bem na nova cidade ele vai em busca do que realmente motivou sua mudança, Evie, a mulher por quem ele foi apaixonado desde sua adolescência, mas que graças ao capricho do destino, acabou não voltando para ela, mas ele está disposto a mudar essa condição de todas as formas e assim Leo passa a seguir Evie por um tempo, para conhecer sua rotina e um pouco mais sobre a vida da garota.
Depois de apenas dois dias seguindo-a, eu já tinha certeza absoluta de estar ainda mais apaixonado por ela do que quando eu tinha 15 anos. Agora só precisava descobrir o que fazer. Pensei, pensei, mas não consegui encontrar um resposta. Minha vontade de falar com Evie, de tocá-la, era tão grande que eu mal conseguia me manter quieto.
O que Leo não esperava é que ele não estivesse sendo tão sutil como ele pensava, logo Evie o encurrala e o pergunta por que o mesmo a está seguindo, Leo fica sem ação, ele não estava pronto para dizer a Evie quem ele realmente era e então a única opção que ele encontra é mentir, criando uma nova identidade, para se aproximar dela e reconquistá-la, para enfim poder contar toda a verdade para ela.

Leo se mostrou um pouco diferente do que o Leo que eu conhecia, ele se mostrou um pouco machista, porém ele nunca tentou invadir o espeça de Evie o que é um ponto positivo, ele se mostrou bem possessivo, mas depois de tantos anos acho que até eu seria possessivo como ele em relação a ela. Mas ele continua o memso cavalheiro, romântico e presente de sempre.

Evie continua maravilhosa, mocinha perfeita para um leitor, porém  na visão de Leo ela parece um pouco desprotegida, mas não acho isso, para mim ele é muito capaz e se virou sozinha por tanto tempo, mas acho que romanticamente ela precisava sim ser protegida e Leo soube fazer muito bem o papel.

Bom eu adorei o livro tanto quanto gostei do ponto de vista de Evie, o livro nos entrega fatos que nos fazem ter uma visão melhor da história e ainda tem um final diferente *_* mas sinceramente acho que a Mia exagerou muito no quesito Leo, sei lá acho que ela não soube trabalhar bem no gênero masculino, o Leo ficou muito "emoção" e esse foi o motivo de eu não ter favoritado o livro, mas fora isso o livro é tão bom quanto o do POV da Evie.

O Leão Ferido foi uma leitura gostosa, demorada porque esse mês é de prova na universidade então não pude me dedicar mais ao livro, mas que sem dúvidas vale a a pena a leitura e irá sem dúvidas agradar a quem leu O Coração do Leão. A capa do livro é linda, o modelo é lindo gente, a diagramação do livro é boa, não encontrei nenhum problema com a revisão e a fonte tem um bom tamanho para leitura!

Classificando:

6 comentários:

  1. Eu adoro livros que mostram a evolução do personagem. Gostei desse e nunca tinha escutado falar nele antes.
    Vou dar uma pesquisada nele aqui, parece envolvente e 5 estrelas não é brincadeira hehehehe
    Dica anotada.

    >> Vida Complicada <<

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro livros que mostram a evolução do personagem. Gostei desse e nunca tinha escutado falar nele antes.
    Vou dar uma pesquisada nele aqui, parece envolvente e 5 estrelas não é brincadeira hehehehe
    Dica anotada.

    >> Vida Complicada <<

    ResponderExcluir
  3. É ótimo quando a gente ler o primeiro livro, e quando ler o próximo acaba gostando também e às vezes até superando nossas expectativas. Eu nunca li nem o primeiro e nem Leão Ferido, mas parece que você é apaixonado pelo livro no conjunto todo hahaha. Fiquei bem curioso com a história e vou tentar lê-lo, mesmo não sendo um gênero que eu não tenha costume de ler.
    http://blogpausageek.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oii Alisson, tudo bem?
    Confesso que infelizmente dessa vez irei pular a dica da indicação e da obra resenhada, não consigo ter interesse total na obra, sabe quando nem a premissa conseguiu nos cativar? Pois é, por mais que eu tenha gostado da resenha, dessa vez pularei a dica.
    Beijão <3

    ResponderExcluir
  5. Li semana passada o livro e gostei bem mais dessa obra, acho que vendo pelo ponto de vista de Leo é mais fácil não julgá-lo. E achei bem mais interessante ter seus sentimentos expostos, apesar de gostar da personagem feminina, gostei bem mais dele. Essa autora arrasa, não é meu enredo preferido até agora, gostei bem mais do Archer, mas estou amando a série.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  6. Alisson, eu preciso urgentemente ler esse livro. A ideia da autora é genial e leão é o meu signo. Como uma leonina apaixonada, quero logo fazer a leitura desse livro pra conhecer melhor a história.

    ResponderExcluir