16 de março de 2016

Tag: Mamonas Assassinas Book Tag


Oi gente hoje eu vou responder uma Tag  que o Márcio do blog Um baixinho nos Livros me indicou, a tag foi criada por ele. Ela foi criada em homenagem aos 20 anos sem os Mamonas Assassinas, a Tag  consiste em você relacionar um livro para cada música dos Mamonas!

1406: Um personagem muito rico.

Harry Potter: Harry é rico em dinheiro bruxo, sim eu sei, mas a tag pergunta o mais rico não especifica que tipo de moeda! Harry é tão rico que nem ele mesmo sabe o que fazer com todo o dinheiro que ele possui e como se não bastasse o que ele já tinha ele ainda recebe uma herança de Sirius hahaha PODRE DE RICO!!







Vira vira: Um livro que você não largou por nada deste mundo "até terminar" ou um livro viciante.

Esse livro foi uma das melhores coisas que li em toda minha vida, a história de Ari e Dante me envolveu e amei tudo o que li. Li tudo num dia e logo fiquei triste pois já tinha acabado e eu estava órfão, um dia ainda relerei esse livro. 
 







Pelados em Santos: Um livro que possui viagem de carro.

Uma das partes mais interessantes do livro é quando o Palito foge e segue viagem de carro, depois de alguns probleminhas ele acaba pegando uma carona com um caminhoneiro, eu simplesmente amei esse livro, não haveria melhor  viagem de carro/caminhão para selecionar kkkkk







Chopis Centis: Um livro que uma de suas cenas se passa em um shopping Center.

Nesses livro do Rick Riordan você sempre vai encontrar um lugar inusitado para algum acontecimento e claro que rolou um num shopping né? Jason, Piper e Leo acabam no shopping de Medeia e ela tenta induzi-los a fazer umas comprinhas e entregar suas almas!! Impossível não amar a narração do Rick.







Jumento Celestino: Um livro ambientado no Brasil.

Já li alguns autores brasileiros, porém são poucos os livros que são totalmente ambientados no Brasil, agora entendo a revolta do pessoal rsrs. Esse é um dos poucos livros que li que se passa completamente no Brasil, amei a história e o quão real e crua ela é, porém odiei o final, queria jogar o livro na parede. Tenho uma relação de amor e ódio com esse livro.






Uma Arlinda Mulher: Um livro que você não entendeu nada ou demorou a entender.

Essa foi uma das leituras mais frustrantes de toda a minha vida, eu sinceramente odiei o final do livro e ficava confuso com a leitura por causa da mistura de passado com presente e de onde e como surgiram os gafanhotos gigantes e não entendia qual era a do protagonista. Acabei que entendi o que estava acontecendo no final do livro... Eu estava perdendo meu tempo!!






Cabeça de Bagre II: Um livro que se passa em um ambiente escolar.

Esse é um dos melhores livros sobrenaturais dos quais já li e a melhor parte? O ambiente escolar é na verdade, uma escola para pessoas sobrenaturais onde eles aprendem a dominar seus poderes e a nossa protagonista é enviada para lá, certa de que tudo é um grande engano, mas aos poucos ela percebe que não! Bom o outro ambiente escolar que eu mais gostava Hogwarts já foi usado então esse foi o segundo lugar.





Mundo Animal: Um livro que tenha animais como protagonista.

Essa definitivamente é uma das minhas sagas preferidas e claro tenho dois tigres como protagonistas, dois tigres que eu simplesmente amo e que vão em busca de objetos sagrados para que possam quebrar a maldição que os fazem permanecer como tigres.







RoboCop gay: Um livro que tenha casal homossexual.

Eu sinceramente poderia trazer uma lista de livros, afinal esse é o meu gênero preferido então leio muito. Porém resolvi escolher esse livro encantador escrito pelo David Levithan, que nos ensina sobre amor, amizade, família e segundas chances e que foi o livro que confirmou meu amor por ele.







Bois Don’t Cry: Um personagem chifrudo (a) / traído (a).

Acho que essa é a melhor escolha para essa opção, afinal de contas a história do livro só acontece devido a uma traição, então sim essa foi uma ótima escolha e com certeza garante boas risadas.








Débil Mental: Um livro que ninguém morre no final.

Ai eu não poderia mais uma vez ter feito uma escolha melhor, isso vai ser um belo de um spoiler, mas acho que a essa altura do campeonato todo mundo já sabe né? Marte até tentou porém Mark foi muito persistente e saiu vitorioso na batalha rsrs.







Lá vem o Alemão: Um livro que a (o) protagonista é interesseira (o).

Acho que esse é o único livro que li, que um protagonista pode ser dito como interesseiro, coisa que notei ser bem difícil de encontrar né? Mas o Jorg é um anti-herói e ele é movido a interesses e desejos que ele quer alcançar e fará de tudo para conseguir.







[Bônus] Renato O Gaúcho: Um livro escrito por um (a) gaúcho (a).
Não li nenhum ficarei devendo.

Vou indicar apenas os blogs LiteRata, Pobre Leitora e Estilhaçando Livro, se quiserem reproduzir a tag fiquem a vontade!!

2 comentários: