1 de abril de 2016

Resenha: Starling - Lesley Livingston

Título: Starling (Starling)
Série: Starling #1
Autor: Lesley Livingston
Editora: Jangada
Ano: 2014
Páginas: 288
Livro cedido pela editora para leitura
Mason Starling é campeã de esgrima da equipe da Academia Gosforth, mas nunca teve de lutar por sua vida. Não até a noite em que uma violenta tempestade sobrenatural assola Manhattan, aprisionando Mason e seus colegas de equipe dentro da escola. Mason é atacada por criaturas horrendas, com forma vagamente humana, mais aterrorizantes que os trovões e raios, enquanto a tormenta traz para a vida dela um perigoso desconhecido: um jovem que não se recorda de nada além de seu nome - Fennrys, o Lobo. A chegada desse garoto misterioso faz em pedaços o mundo de Mason, ao mesmo tempo que uma atração inegável surge entre eles. Juntos, eles tentam desvendar os segredos da identidade de Fenn, enquanto forças estranhas e sobrenaturais se adensam à volta deles. Quando descobrem que a família de Mason, com sua obscura ligação com antigos deuses nórdicos, é a chave de todo o mistério, Fennrys e Mason subitamente se veem diante de um futuro catastrófico: o Ragnarök – ou o fim do mundo, como o conhecemos.
Vocês bem sabem que eu sou louco por mitologia né? E Starling era um livro que fala sobre mitologia que eu realmente estava louco para ler a um bom tempo, logo que iniciei minha parceira com a Jangada solicitei ele para resenhar aqui pro blog e conferir claro se o livro iria me agradar.

Mason é uma lutadora de esgrima muito habilidosa e dedicada, ela é filha de um dos homens mais ricos da cidade, ela é a queridinha do pai e todo mundo sabe disso, ela tenta mudar essa imagem, mas fica difícil quando o pai a trata como se ela fosse uma garotinha e seu irmão a trata como se ela tivesse algum problema mental.

Num final de treino enquanto Mason se prepara para ir embora o tempo começa a mudar e uma tempestade louca, começa a cair, e assim ela fica presa no ginásio com o treinador, seu irmão e mais dois amigos, mas o improvável acontece, o carvalho gigante que ficava ao lado do ginásio cai e abre um grande buraco na parede, e é a partir desse momento que as coisas começam a ficar loucas, monstros estranhos começam a invadir o ginásio e atacá-los, quando eles já estavam completamente cercados e aceitando que iriam morrer, um cara completamente nu munido apenas de uma espada aparece e começa a lutar ajudando eles a livrar das feras.
— É melhor ficarmos aqui confortáveis até a energia voltar — disse Toby, confirmando as suspeitas dela, e Mason o ouviu girando na caneca o pouco café que restava. — A porta de incêndio também está trancada.
Quando enfim conseguem escapar das feras e vestir o garoto, ele se apresenta como Fennrys, o Lobo, e para ficar mais estranho ele não lembra de nada além do nome dele. Mas a partir desse momento as coisas mudam para todos eles que estavam presente no momento do ataque e Mason vai descobrir quem nem tudo o que ela parecia conhecer é a real verdade.
— Ei. — Rory cruzou os braços como se tivesse decidido que já bastava e era hora de bancar o durão. Mason odiava quando ele fazia isso.— Que nome mais idiota é esse, "Fennrys Lobo"?
— Não sei. E na verdade é Fennrys, o Lobo. Acho que...
— Que droga quer dizer isso? — perguntou Rory. — Quem é você, na  verdade?
Ele olhou de um para outro e disse baixinho:
— Tinha esperanças de que vocês me dissessem.
Mason é uma protagonista muito boa, ela tem aquela imagem de garotinha do papai no incio do livro, mas com o passar da leitura a gente vê que ela é bem mais do que isso, e o crescimento da personagem com o passar da história é palpável de muito agradável, ela é inteligente, esforçada e a cima de tudo bondosa.

Fennrys era o grande mistério, quem era ele? de onde veio? Criei várias teorias baseadas na mitologia nórdica, porém a autora conseguiu me surpreender completamente e amei o que ela tornou o personagem, além claro dele ser muito cavalheiro, inteligente, um lutador exímio, cuidadoso e presente... bom em relação a Mason.

Rory é o irmão de Mase inicialmente não sabia se ele era só idiota ou se ele era um ser repugnante, mas logo fica claro que tipo de pessoa ele é, e sinceramente fiquei surpreso com toda a loucura na cabeça da criatura, ele é completamente perverso, chego a dizer que ele é mau mesmo.

Quanto ao livro eu só posso dizer uma coisa, QUE LIVRO GOSTOSO!! Eu esperava um livro sobre mitologia nórdica e ponto, mas a autora vai além e entrega uma história repleta de encantos e envolvente e com pitadas de outras mitologias, sinceramente foi quase impossível não comparar com um certo autor de mitologias, Rick Riordan, e tudo o que posso dizer é que a Lesley está num nível tão bom quanto o dele, os personagens são interessantes e bem construídos, essa introdução foi realmente muito boa e o final, gente que final!!

Starling foi uma leitura muito melhor que esperava, ele me agradou em todos os quesitos e principalmente no principal que é a mitologia envolvida na história, mal posso esperar para ler o próximo livro. A capa do livro me agradou e segue o mesmo estilo da original, não encontrei nenhum problema de revisão, a diagramação do livro é ótima, a fonte tem um tamanho muito bom para a leitura.

Classificando:

7 comentários:

  1. Oi, não conhecia o livro ou a autora, mas achei o livro bem diferente do que já vi. Também gosto de livros que envolvem mitologias e esse parece ser bem interessante, já que envolve segredos, intrigas e temos uma mocinha que não sabe como o Fenn surgiu, da onde ele veio e qual a sua ligação com ela. Achei a premissa inovadora e já vou amotar a dica, porque fiquei bem interessada e sua resenha instigou a minha curiosidade.
    bjus
    http://recantoliterarioeversos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oie...
    É tão bom quando nos surpreendemos com um livro, né? Fico feliz que tenha gostado tanto assim...
    Também curto mitologia, mas, infelizmente tem bastante tempo que li algo nesse assunto... Vou anotar a sua dica aqui, pois, o livro parece ser realmente bom.
    Parabéns pela resenha!
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Alisson.

    Eu adoro dicas quando o leitor diz que a leitura foi melhor do que esperava, mostra que o livro atingiu seu objetivo. E está sendo pela sua resenha que estou tendo a oportunidade de ler uma opinião sobre o livro. Vou deixar a dica anotada, fiquei interessada na obra.

    Bjos

    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá Alisson,

    admito que não conhecia esse livro, gostei muito da sua dica, parece ser um livro bom. Achei o livro bem diferente do que costumo ler, mas nem por isso fiquei desinteressado. Gosto de obras que envolvam mitologia, mistérios e intrigas. Fico contente que tenha gostado da leitura.
    www.sagaliteraria.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oiii Alisson, tudo bem?
    Confesso que adorei a sua resenha, bem detalhada e os quotes que escolheu, realmente me interessou, porém eu não consegui me agradar da obra em si e nem da premissa. Pularei a dica da vez.
    Beijão rapaz

    ResponderExcluir
  6. Oi Ali!

    Ah oque falar dessa resenha que acabei de ler e me faz querer furar a minha fila de leituras? Agora é serio mocinho, pode tratar de pedir Amber House para Jangada, quero ler uma resenha sua desse livro! :3 Enfim, como tenho a obra na estante já vi que vou furar a fila e lê-lo agora! :)

    ResponderExcluir
  7. Aposto que ela é melhor que o Rick Riordan.








    SIM, TO AQUI SÓ PRA CAUSAR. UAHSUHASHAUSHA
    Sempre acho interessante historias com mitologia, mais interessante ainda se for a nórdica que ta ganhando mais destaque agora.
    Imagina um cara peladão surgir do nada pra te salvar? Super legal, eu ia adorar. KKKKKKKK
    Quantos livros são, você sabe? Fiquei interessada mas não quero ficr aqui com esperanças de consguir comprar.
    beijo

    ResponderExcluir