26 de maio de 2016

Resenha: Não Fuja! - FML Pepper

Título: Não Fuja!
Série: Não Pare! #3
Autor: FML Pepper
Editora: Valentina
Ano: 2016
Páginas: 384
Já Resenhei: Não Pare! (Não Pare #1), Não Olhe! (Não Pare #2).
Livro cedido pela editora para leitura 
Vida. Morte. O que há entre elas? Antes e depois delas? Dois universos tão distintos e intimamente ligados. Como não sucumbir ao desejo que lhe drena a vida? Como aceitar que existe morte em vida e vida na morte? O que fazer quando a morte é a centelha que pulsa na vida, embebida de escuridão? A bússola da existência gira e aponta: o medo é uma opção; a vida, uma batalha; a morte, uma bênção.

Com o final eletrizante de Não Olhe! eu fiquei completamente louco pare ler logo Não Fuja!, estava muito ansioso por esse livro mesmo, assim que a Valentina liberou o livro para solicitação eu não perdi tempo fui lá e solicitei para descobrir enfim o que aconteceria com Nina e afinal quais mistérios a envolvia!

Nina estava prestes a deixar Zyrk quando uma grande descoberta a deixa completamente desestruturada e a fez mudar completamente de ideia quanto a sua fuga ela decidiu que ficaria em Zyrk e descobrira de qualquer forma se aquilo que lhe foi dito era verdade ou não, nem que para isso ela tivesse que cair nas mãos de Kevin novamente.
Naquela fração de segundos, perdi a conta de quantas vezes me perguntei se tudo aquilo era real. Já deveria estar habituada aos pesadelos a que fui submetida nos últimos dois meses da minha vida, mas os acontecimentos se atropelavam numa velocidade tão absurda que era impossível processar tudo que ocorria ao meu redor.
Havia tensão no ar.
Kevin me puxou para junto dele e não reagi. Jamis poderia imaginar que um dia ficaria satisfeita em ir com ele
Entretanto as coisas já estavam bem estranhas ficam ainda mais tensas quando o grande conselho de Zyrk entra em cena e acaba por mudar por completo os planos de todos os presentes no momento da quase fuga de Nina, inclusive da própria Nina que se viu obrigada a acatar as ordens dos homens do conselho ao ver que todos os presentes não ousaram confrontá-los.
— Parado, resgatador! — começou em alto e tom um homem de meia-idade montado num cavalo atrás do porta-estandarte. Era tão magro que as linhas pronunciadas das seus maxilares davam-lhe uma aparecia cadavérica. — Até segunda ordem, todos os presentes estão presos e serão levados para Sansalun, onde serão julgados por terem infringido as normas fundamentais do Grande Conselho de Zyrk.
Mas Nina está decidida a encontrar as respostas que tanto procura e acabar de vez com a duvida que lhe foi imposta e a fez mudar de ideia e desistir de deixar Zyrk, e assim ela fará de tudo para conseguir escapar das mãos do grande conselho de Zyrk, nem que tenha de agir sozinha, mas ela acaba sendo surpreendida ao receber ajuda da pessoa que ela menos esperava.

Gente gostei muita mais da Nina nesse livro do que nos outros dois livros da trilogia, ela está mais decidida, mais madura, mais dona de si, e ainda que afetada pelo romance com Richard, ela não está tão chatinha quanto nos outros livros, definitivamente a personagem cresceu muito desde o começo da história.

Richard, por sua vez passa a ser o personagem mais chato da história toda, ainda que ele tenha lá seus motivos, fiquei surpreso com a quantidade de vezes que quis atirar o livro na parede por causa dele, mas sinceramente é bem difícil não gostar dele, então o que fazer né?

Muitos outros personagens se fazem importantes durante a trama como o Shakur, Guimlel, Von der Hess, John e mais alguns personagens que foram introduzidos na trama nesse livro como Sertolin um dos membros do Grande Conselho de Zyrk.

Não soube muito bem qual foi minha reação ao terminara leitura do livro, ele começa bem devagar, mas logo ele fica realmente interessante e passa a prender sua atenção, principalmente com todas as revelações que o livro começa a dar que fazem a gente ficar de boca aberta. Um novo narrador fui incluso ao livro nos primeiros capítulos, achei estranho, mas não foi um grande problema, pois ele responde muitas das nossas perguntas. Mas o meu problema foi com o final, que mesmo repleto de reviravoltas interessantes ficou cansativo, e para mim a autora quis dar um certo tom de emoção, causar expectativa mas não me causou tal sensação, na verdade me deixou aborrecido pelo prolongamento que para mim é desnecessário.

Não Fuja! não foi uma leitura perfeita, mas passa bem longe de um ruim, o livro conseguiu me entreter e a história se segura muito bem, isso sem contar com a perfeição que a autora descreve o mundo de Zyrk, seus costumes e seus personagens. A capa do livro é linda, seguindo o mesmo modele de suas antecessoras com holografia na palavra "Não", não encontrei nenhum problema na revisão do livro, a diagramação é muito boa com destaque para as paginas de abertura de capítulos, a fonte tem um tamanho agradável a leitura.

Classificando:

Um comentário:

  1. Ali ♥
    Sabe que concordo muito com você em relação a Nina, finalmente ela amadureceu. Demorou demais, mas apesar de ainda ser uma garota dramática ela tá beeem mais legal. Mas sério que você odiou o Rick neste livro? UHAUIEHOI eu achei que ele melhorou neste, acabou aquela chatice de bem me quer, mal me quer, sabe? Agora eu senti que apesar de tudo ele tá mais honesto em seus sentimentos e por isso que acabei simpatizando com o moço (finalmente).
    O final eu nem comento... Ao mesmo tempo que gostei, fiquei com raiva pelo que a autora fez naquela última parte. Mas o mais importante é que todas as duvidas foram sanadas e a Pepper não perdeu a mão de deixar a obra com aquele clima de ação, sabe?

    Beeeijos.

    ResponderExcluir