7 de junho de 2016

Resenha: A História de Nós Dois - Dani Atkins

Título: A História de Nós Dois (The Story Of Us)
Autor: Dani Atkins
Editora: Arqueiro
Ano: 2016
Páginas: 352
Livro cedido pela editora para leitura 
Emma tem 27 anos, é linda e inteligente e vive cercada de pessoas que ama. Prestes a se casar com Richard, seu namorado desde a época de escola, ela não poderia estar mais empolgada.
Mas o que deveria ser o momento mais feliz de sua vida de repente vira uma tragédia. Emma sofre um acidente e é salva por um estranho minutos antes que o carro em que ela viajava explodisse.
Abalada, ela decide adiar o casamento. E nesse meio-tempo descobre segredos que a fazem questionar as pessoas nas quais sempre confiara a ponto de duvidar se deve se casar afinal.
Para complicar, ela se sente cada vez mais ligada a Jack, o homem que a salvou e que não sai da sua cabeça. Jack é lindo, gentil e divertido, de um jeito diferente de todos que ela já conheceu. Por outro lado, é Richard quem ela sempre amou...
Uma mulher, dois homens, tantos destinos possíveis. Como essa história vai terminar?
Quando a Arqueiro anunciou o lançamento eu logo fiquei louco pata ler ele, afinal eu já tinha lido outro livro da autora e tinha simplesmente adorado, então claro que eu solicitei ele para ler e resenhar aqui no blog para vocês né?

Emma está prestes a se casar, na verdade esta curtindo sua despedida de solteira com todas as suas amigas e até sua sogra estava lá, mas o momento se fez maravilhoso pois suas melhores amiga Amy e Caroline estavam com ela dando todo o suporte e alegrando a noite dela.

A noite foi divertida mas chega o momento de ir para casa, Emma, Caroline e Amy pegam seu caminho de volta, ainda envolvidas pela comemoração conversão distraidamente, quando Amy começa a passar mal devido ao que bebeu, Caroline que estava dirigindo, retira a atenção da estrada momentaneamente e quando volta a atenção ela da de cara com um cervo em sua frente.
Apesar do que pode parecer, o que causou o acidente, com certeza, foi o cervo, não a falta de habilidade de Caroline ao volante nem os supostos daiquiris que ela tomou. Minha amiga é ótima motorista e, a noite toda, sua bebida mais forte tinha sido limonada.
Caroline tenta desviar do cervo, porém ela perde o controle do carro provocando um grave acidente, para a sorte das garotas alguém vinha passando pela rodovia e foi ele quem as resgatou, era Jack um americano, muitas coisas acontecem depois do acidente e Emma decide adiar o casamento, e nesse meio tempo ela acaba por descobrir alguns segredos que a abalam e a fazem repensar sua vida, assim como se vê envolvida pelo homem que salvou sua vida.
Acho que deveríamos tentar tirar você daqui imediatamente. Por falar nisso meu nome é Jack — completou ele, e foi só então que percebi o leve sotaque americano.
— Emma — respondi, e então por nenhuma boa razão que possa me ocorrer, acrescentei: — Vou me casar daqui a duas semanas.
Emma é um personagem que só Deus na causa, eu até simpatizei com ela no começo do livro, mas com o passar da história eu só ficava cada vez mais frustrado com as escolhas e atitudes dela, eu sei que ela não estava num todo errada, porém, ainda assim é impossível não querer dar uma balançadas nela e dizer "Acorda pra vida mulher".

Richard foi um personagem bem neutro, ele cometeu alguns deslizes, mas passava bem longe de ser uma pessoa ruim, e muitas vezes ele se mostrava um personagem interessante e generoso, mas ele também se mostrou bem egoísta, mas sem sombra de duvidas ele amava Emma.

Jack sem a mínima sombra de duvidas é a melhor coisa do livro todo, os momentos em que ele se faz presente são sempre muito interessantes e cativantes, meio que quase impossível não suspirar por ele, com sua delicadeza, gentileza e humor, simplesmente não amar o personagem.
— Acho que quando caí na areia, bati em uma pedra ou algo assim.
Jack olhou para a areia úmida que, embaraçosamente, ainda mantinha a impressão perfeita do meu traseiro. Ele revolveu com a ponta da bota, revelando uma grande pedra irregular e afiada, que estivera oculta pouco abaixo da superfície.
— Merda — murmurou ele, e se voltou para olhar a parte de trás da minha calça jeans. — Qual é a gravidade? Você está sangrando?
— Não, é claro que não. Tenho enchimento natural suficiente aí atrás para amortecer a pancada.
Ele não sorriu como eu esperava.
— Hematoma?
Eu dei de ombros.
— É provável.
— Me mostre.
— Não! — respondi, horrorizada.
Ele ergueu as sobrancelhas, como se me instigasse a desafiá-lo.
— Isso não passa de uma tentativa depravada sua de ver a minha bunda, não é?
Dessa vez ele sorriu.
Alguns outros personagens são de extrema importância para a trama do livro como as amigas de Emma, Caroline e Amy que estão juntas desde a infância, assim como a mãe e o pai de Emma.

Eu sinceramente tinha criado muitas expectativas quanto a esse livro, afinal amei o outro livro da autora que eu li, porém acabei caindo do cavalo, pois a leitura para mim se mostrou bem previsível, não que isso seja de fato ruim, isso nunca me causou problema, mas nesse livro eu sempre estava a cinco passas a frente dele, a escrita da Dani continua maravilhosa assim como já esperava, mas a trama do livro sinceramente não me agradou por completo, isso sem contar na mocinha chata que o livro tem. O único momento que realmente me surpreendeu foi o final do livro, que me pegou completamente desprevenido e juro senti uma mistura de emoção e raiva do momento em si kkkkk.

A História de Nós Dois não foi a melhor leitura do ano, mas também não foi a pior, o livro possui sim bons momentos e acredito que diferente de mim muitas pessoas irão gostar da trama. A capa do livro, gente ela é linda demais e tem uma textura acamurçada, a diagramação do livro é simples mas bem feita e não encontrei nenhum problema com a revisão do livro.

Classificando:

5 comentários:

  1. Oi Alisson, tudo bem?
    Quando um autor nos cativa com algum de seus livros é natural esperarmos que o mesmo aconteça com sua próxima obra e quando isso não acontece, ficamos tristes. Que pena, mas mesmo assim parece ser um boa obra, para ler sem tantas expectativas. Quero muito ler e conhecer essa autora tão elogiada. Gostei da sinceridade da sua resenha.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Alisson, tudo bem?
    Compreendo bem essa sensação de quando vamos com tudo ler algo de uma autora que já gostamos e nos decepcionamos. Talvez a melhor opção deve seja ler esse livro primeiro para depois partir pro outro da Dani. Como ainda não li nada da autora, acredito que a escrita dela seja cativante mesmo sendo um pouco previsível, sempre leio resenhas positivas sobre suas obras. Que bom que gostou do Jack, fique bem curiosa em conhecê-lo princialmente porque você mencionou que é impossível não suspirar por ele.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem??
    Gostei bastante da sua resenha, uma pena que o livro é previsível, eu tenho ele aqui em casa, quem sabe dou uma chance para ele.
    Beijus
    www.bibliotecaempoeirada.com.br

    ResponderExcluir
  4. Pena que achou o livro tão previsível, isso costuma me incomodar um pouco. E mocinha chata é algo que me irrita bastante... rs... Pelo menos o final acabou te surpreendendo, nunca li nada da autora e vou começar por esse livro já que ganhei um exemplar, tomara que eu goste mais do que você!

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  5. Oii.. eu nao tive a oportunidade de ler nada da autora ainda, mas tenho muita vontade. Gostei da sua resenha e é realmente uma pena que não tenha sido como esperava a história :/

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir