18 de novembro de 2016

Resenha: Lava Jato - Vladimir Netto

Título: Lava Jato
Autor: Vladimir Netto
Editora: Primeira Pessoa (Sextante)
Ano: 2016
Páginas: 372
Livro cedido pela editora para leitura
Em Lava Jato O juiz Sergio Moro e os bastidores da operação que abalou o Brasil, o jornalista Vladimir Netto acompanha as investigações desde seu início, em março de 2014, e, como num livro de suspense, vai revelando, pouco a pouco, os principais desdobramentos que expuseram o maior escândalo de corrupção do país. À medida que a operação avança, vamos descobrindo quem são os personagens-chave desse processo doleiros, dirigentes da Petrobras, políticos e empreiteiros e como se articularam para desviar bilhões dos cofres da estatal. Para traçar o perfil do juiz Sergio Moro, fio condutor desta história, o autor se debruça sobre seu trabalho: o vasto conhecimento técnico, as perguntas meticulosas, as sentenças fundamentadas e a coragem de enfrentar a pressão de advogados de renome. Repleto de informações de bastidor, ligações perigosas e diálogos de um cinismo impensável, este grande livro-reportagem, com ares de trama policial, é um registro histórico do conturbado período que o Brasil atravessa. 

O Brasil está vivendo um dos momentos mais marcantes na sua história. Um momento que está sendo marcado por muita corrupção, onde o brasileiro está sendo o maior afetado e de todas as formas possíveis.

Em "Lava Jato", escrito pelo jornalista Vladimir Netto, conhecemos os bastidores da maior operação contra corrupção no Brasil. Detalhes importantes, citando as falcatruas e seus executores: políticos e seus partidos, funcionários da Petrobrás e líderes das maiores empreiteiras do país.


Vladimir Netto trilha o percurso da investigação - que começou em um posto de gasolina localizado em Brasília - até chegar à República. Uma investigação em que os envolvidos roubaram bilhões da Petrobrás, fazendo assim com quê a empresa entrasse em colapso, dessa forma, afetando, também, a economia do Brasil.
"Ao concentrar esforços na raiz econômica da corrupção, a Lava Jato tinha ido tão fundo que alguns diziam que poderia pôr em xeque até o modelo de capitalismo brasileiro, que pratica o pagamento de propina em troca de favores do governo há séculos."
Paralelo a todos os detalhes, conhecemos o grande executor da Operação Lava Jato: o juiz Sérgio Moro. O autor do livro revela todos os detalhes de como o juiz planejou e executou cada passo da investigação, que, como uma teia de aranha, foi fisgando cada um dos corruptos envolvidos com corrupção e lavagem de dinheiro.


No decorrer da leitura, o leitor vai saber como o juiz Sérgio Moro desenvolveu a delação premiada, benefício legal em que a operação conseguiu recuperar bilhões de reais desviados. Além disso, saberemos como e quantas foram as tentativas dos acusados, de fugir do crime que cometeram; como as famílias dos acusados se tornaram vítimas da mídia e outras cúmplices, de alguma forma; como aconteceu todo o processo de impeachment da Presidente eleita, Dilma Rousseff; a polêmica ligação do ex-Presidente, Lula, com um sítio e um triplex; e como a população brasileira reagiu ao ter conhecimento dos fatos, desde o auge da Operação até o último momento descrito no livro.
"A justiça não pode ser a guardiã de segredos sombrios."
Como sabemos, a operação Lava Jato não terminou. Ela está cada vez mais intensa e reveladora. Muitas águas vão rolar, mas Vladimir Netto conseguiu fazer desse livro um documento histórico importantíssimo que nos revela até detalhes que a mídia não revelou. É a reunião daquilo que chegou à mídia juntamente com os bastidores de tudo o que o opinião pública não teve acesso.


A escrita do leitor é bem acessível a todos os públicos. A intenção dele é expor os fatos da melhor maneira possível para que você, leitor, tenha conhecimento de tudo o que aconteceu na operação. Vladimir Netto cumpriu fielmente o seu papel como jornalista na construção dos relatos, sempre dando 'voz' a todos os envolvidos na Lava Jato.

O livro foi publicado pela Primeira Pessoa, selo da Editora Sextante. Na capa, temos a foto do juiz Sérgio Moro; a diagramação é simples; a fonte tem um tamanho agradável para leitura; e em dois momentos da leitura, temos uma galeria com imagens dos principais envolvidos na operação Lava Jato, com uma breve descrição de quem são eles. Acho que isso ajudou bastante porque muita gente ouviu falar bastante em Alberto Youssef, Paulo Roberto Costa, Renato Duque, André Vargas, entre outros envolvidos, mas não sabia quem são essas pessoas. Mais um ponto positivo para o livro.


Sendo assim, "Lava Jato" é um documento histórico, um livro que indico para todos que querem ter conhecimento dos desdobramentos da maior operação contra corrupção e lavagem de dinheiro, já realizada no Brasil. É uma leitura importantíssima, principalmente para alunos de Jornalismo e Direito. É um banho de informações!

Classificando:

Nenhum comentário:

Postar um comentário