26 de dezembro de 2016

Resenhando Filme: Sing - Quem Canta Seus Males Espanta

Título: Sing - Quem Canta Seus Males Espanta (Sing)
Direção: Garth Jennings
Gênero: Animação
Duração: 110 min. 
Lançamento: 15 de Dezembro de 2016
Um empolgado coala chamado Buster decide criar uma competição de canto para aumentar os rendimentos de seu antigo teatro. A disputa movimenta o mundo animal e promove a revelação de diversos talentos da cidade, todos de olho nos 15 minutos de fama e US$ 100 mil dólares de prêmio.






Você já sabem do meu completo amor por animações não é? E quando é uma animação repleta de músicas a coisas fica ainda mais séria, por porque eu adoro música e tão assim que vi o trailer desse filme fiquei louco pra ver, e logo que ele estreou corri pro cinema para conferir se ele seria tão bom quanto prometia.

Foi ainda pequeno que Buster viu seu primeiro espetáculo teatral e foi naquele momento que ele decidiu que seria um grande produtor teatral, e assim ele cresceu e se tornou um produtor teatral, mas  a parte de sucesso essa parece que não veio junto, todas os espetáculos que ele idealizou falharam e foram um grande fracasso o que acabou por levá-lo basicamente a falência.

Mas logo ele tem uma ideia, que dessa vez parece ser brilhante e dará certo! Ele decide criar uma competição de canto, para promover um novo espetáculo que iria salvar tanto sua carreira quanto o seu teatro, atraídos pelo valor do prêmio quem tem talento a quem não tem correr para fazer a audição.

Mas as coisas não são bem como Buster espera, cada candidato escolhido possui seus dilemas e problemas, e logo ele vê que as coisas não são fáceis, mas será que desistir seria o melhor que ele teria a fazer? Ou ele deveria continuar tentando e não desistir?

Que filme mais mas adorável!! Pela descrição parece que ele gira completamente em torno do Buster, porém não os outros personagens possuem tanto peso e importância quanto ele, a dublagem está maravilhosa, o roteiro é bem legal, não é a penas mais do mesmo ainda que possua seus clichês, apenas ADOREI a trilha sonora do filme.

Sing - Quem Canta Seus Males Espanta foi mais uma maravilhosa animação que vi em 2016, seja porque foi bem produzida ou porque está repleta de músicas que eu adoro, sem dúvidas o filme vai agradar muito as crianças.

Observações:
— Nunca desista de seus sonhos ele pode ser tornar realidade;
— Não deixe de fazer o que quer por causa do medo;
— Na dublagem eu só consegui reconhecer a voz Sandy 💙;
— A da Wanessa só quando ela começou a cantar;
— Reconheci também a voz poderosa e impactante da Jennifer Hudson, que voz, que mulher!!;
Meena, porque a melhor personagem?
Rosita, muito rainha gente!!
Jhonny que voz gostosa 💖;
— Só eu tive vontade de dar na cara do Mike? Porém que voz maravilhosa!!
— Gente é tanta, mas tanta música boa, cantei o filme todo!!;
— Eu ri, eu cantei, eu chorei, como amei esse filme;
— Nath obrigado mais uma vez pela companhia maravilhosa!!

Classificando:

Um comentário:

  1. oi, oi.

    ain, migo! to muito ansioso pra ver esse filme. ele é o único que tá em cartaz no cinema daqui que ainda não vi. minha amiga disse que o filme é tão fofo que ela saiu chorando da sessão. huhauahua. já to aqui me imaginando como vou sair, pq em "minha mãe é uma peça 2" eu tbm chorei. :D

    a história deve ser bem interessante, e trilha sonora idem. andei ouvindo algumas coisas no youtube... são tão fofas! <3

    bjs!
    Não me venha com desculpas

    ResponderExcluir