22 de março de 2017

Resenha: Depois Daquela Montanha - Charles Martin

Título: Depois Daquela Montanha (The Mountain Between Us)
Autor: Charles Martin
Editora: Arqueiro
Ano: 2016
Páginas: 304
Livro cedido pela editora para leitura
O Dr. Ben Payne acordou na neve. Flocos sobre os cílios. Vento cortante na pele. Dor aguda nas costelas toda vez que respirava fundo.
Teve flashes do que havia acontecido. Luzes piscavam no painel do avião. Ele estava conversando com o piloto. O piloto. Ataque cardíaco, sem dúvida.
Mas havia uma mulher também – Ashley, ele se lembra. Encontrou-a. Ombro deslocado. Perna quebrada.
Agora eles estão sozinhos, isolados a quase 3.500 metros de altitude, numa extensa área de floresta coberta por quilômetros de neve. Como sair dali e, ainda mais complicado, como tirar Ashley daquele lugar sem agravar seu estado? À medida que os dias passam, porém, vai ficando claro que, se Ben cuida das feridas físicas de Ashley, é ela quem revigora o coração dele. Cada vez mais um se torna o grande apoio e a maior motivação do outro. E, se há dúvidas de que possam sobreviver, uma certeza eles têm: nada jamais será igual em suas vidas.
Ben Payne é um cirurgião dedicado e inteligente. Retornando de um Congresso, ele está a espera do seu voo no aeroporto de Salt Lake City. Lá, Ben conhece a colunista de revistas femininas, Ashley Knox. Conversa vai conversa vem, eles começam a conhecer melhor o trabalho um do outro. Ashley conta que está noiva e quando voltar de viagem irá casar, Ben fala sobre sua vida, que está separado de sua esposa e seus filhos, dentre muitos outros assuntos. Tudo isso enquanto passam o tempo aguardando o voo deles. O que Ben e Ashley não imaginavam é que o voo seria cancelado devido a uma forte tempestade que estava pra chegar. Não somente o voo deles foi cancelado, como todos os demais. A tempestade seria intensa. O risco de decolar era grande.



Eles e os demais passageiros pegam vouchers para se hospedar num hotel e aguardar as condições do tempo melhorar pra poderem enfim viajar. Eles se separam. Se despedem. Mas, pensando em não adiar seus trabalhos e chegar logo em casa, Ben conhece Grover Rosevelt - um experiente piloto de avião particular - e contrata o serviço dele para levá-lo até a cidade Denver. Visando ajudar, vai atrás de Ashley e a convida pra ir junto. Ela aceita o convite e, juntamente com o cachorro de Grover, eles partem do aeroporto.

"Eu sofro quando não estou com você. Sinto dores em lugares a que nem sabia que meu coração podia chegar. Não sei que tipo de homem vou ser, ou médico, ou marido, e sei que é raro eu dizer as palavras que você precisa ouvir, mas sei que amo você. De todo o coração. Você é a cola que me mantém inteiro." 

A viagem vai bem, até que Grover tem um ataque cardíaco e o avião cai em cima de uma montanha. A experiência de Grover permitiu que ele conseguisse 'pousar' o avião de uma maneira que não explodisse. No meio do nada, sobrevivendo a nevascas, fome, sede, com muitas dores e fazendo de tudo para não serem comida de animais, Ben, Ashley e o cachorro de Grover terão que ter forças para sair vivos de todos esses e outros obstáculos que irão encontrar pelo caminho.


Mas o maior obstáculos que eles terão que superar é uma grande barreira que os impede de viver um grande amor. Pra isso terão que dominar seus medos, deixar o passado pra trás, seguir em frente e quem sabe viver um grande amor juntos, caso consigam sair vivos desse acidente.

"Viver com o coração partido é viver semi-morto, e isto não quer dizer que o sujeito esteja meio vivo. Quer dizer que está  meio morto. E... isso não é jeito de viver."

O que falar mais de "Depois Daquela Montanha"... Talvez classificá-lo como emocionante e surpreendente! É, acho que posso dizer isso desse livro do Charles Martin. Com uma escrita bem fluida e divertida em diversos momentos, o autor consegue passar pra o leitor toda aquela carga emocional vivida por Ben e Ashley na trama.


Por falar nesses dois personagens... Como eles são fortes, viu? Ben é aquele rapaz que você consegue admirar demais. Muito calmo - até porque é médico e deve manter uma postura diante de determinadas situações - mas muito atencioso, humilde e amoroso. Ashley... uma jovem jornalista que sonha com um grande amor, com alguém que lhe ame muito. Ela é forte, engraçada - assim como Ben. E o que falar do Tanque, o cachorro do Grover? Que amigo!

"Ashley deitou a cabeça, fechando os olhos. Desceu o silêncio à nossa volta, e eu me dei conta de que me acostumara ao som da voz dela. E, pela primeira vez, o silêncio me deixou pensando se eu sentia falta dessa voz quando ela não soava no ar." 

Charles Martin descreve muito bem os cenários e todos os momentos vividos pelo casal. Isso ajuda bastante e realmente fisga o leitor. Sem falar no desfecho que deixará alguns leitores sem chão. É um livro pra todos aqueles que adoram romance, mas se cuidem pois lágrimas poderão rolar.


"Depois Daquela Montanha" é narrado sob a perspectiva de Ben Payne, o que contribui bastante para entendermos todo o mistério que ronda o relacionamento dele com a esposa, o que pensa sobre Ashley e outros acontecimentos que irão surgindo ao longo da história. Ao longo dos dias intermináveis que eles tentam sobreviver ao trágico acidente.

"Pau e pedras podem quebrar ossos, mas, se você quiser ferir alguém... bem fundo, se palavras." 

O trabalho da Editora Arqueiro ficou muito bom! O livro possui um capa simples mas muito bonita; tem uma diagramação bem organizada, a fonte tem um tamanho bom, as folhas são amareladas e o livro possui orelhas.


Para quem ainda não sabe, "Depois Daquela Montanha" vai estrear nas telonas nesse ano. Segundo o site Adoro Cinema, o filme está previsto para estrear no dia 26 de outubro e  o elenco contará com Idris Elba (como Ben), Kate Winslet (como Ashley) e Dermot Mulroney (possivelmente como o piloto Grover).  A Direção fica por conta de Hany Abu-Assad e o roteiro por Chris Weitz.

Classificando:


Nenhum comentário:

Postar um comentário