23 de junho de 2017

Resenhando Filme: A Múmia

Título: A Múmia (The Mummy)
Direção: Alex Kurtzman
Gênero: Aventura
Duração: 120 min
Lançamento: 08 de Junho de 2017
Nas profundezas do deserto, uma antiga rainha cujo destino foi injustamente tirado está mumificada. Apesar de estar sepultada em sua cripta, ela desperta nos dias atuais. Com uma maldade acumulada ao longo dos anos, ela espelha terror desde as areais do Oriente Médio até os becos de Londres.







Eu sempre fui muito fascinado por filmes de monstros, esse seres que a gente não sabe se são reais ou não, mas que causam medo, hoje nem tanto rsrs, mas sempre admirei esse universo de monstros e adorei a ideia da Universal de trazer de volta esses monstros para as telonas. Então claro que não perdi a chance e assim que o filme estreou fui correndo ao cinema ver.

Ahmanet era uma princesa egípcia, sucessora do trono do Egito ela é inteligente, destemida e obstinada, tudo em função do papel que irá ocupar um dia como rainha do Egito, mas as coisas mudam de rumo quando o seu pai, o faraó, acaba tendo um novo filho, homem, que automaticamente passa a ser herdeiro do trono no lugar de Ahmanet, ela não fica muito feliz com isso, e faz um pacto com Set o Deus do caos, mas antes que consiga alcançar seus planos ela é impedida e mumificada viva.

Nick e Chris fazem parte de uma equipe de reconhecimento de área do exercito, mas também são saqueadores de antiquidades, eles acabam se metendo em confusão ao adentrar território inimigo quando deveriam apenas reconhecer o território, no meio da confusão uma cripta é descoberta, é nesse momento que Jenny aparece, ela é uma  pesquisadora, de tumbas antigas e com a ajuda de Nick e Chris entra na cripta para investigá-la.

Jenny tenta interpretar os hieróglifos e logo descobre que aquilo não é uma cripta mais sim uma prisão, antes que ela posso terminar de descobrir o que está escondido ali Nick acaba por tirar o sarcófago de sua proteção, e logo ele descobre que essa não foi a sua melhor ideia, Ahmanet desperta e ele descobre que ele é seu escolhido, e que com ele, ela pretende realizar seus planos um dia frustrados.

Sinceramente, eu não sabia bem o que esperar do filme, e tudo que posso dizer que gostei do que eu vi, a fotografia do filme é maravilhosa, a trilha sonora se encaixa perfeitamente nele, os efeitos especiais são bons e a imersão do 3D é muito boa, o roteiro é bom e sinceramente me surpreendeu, porque eu acreditava que o filme seria previsível, mas ele não foi, o final dele me deixou boquiaberto, porque sinceramente não esperava, e ao mesmo tempo me deixou levemente decepcionado, mas coisas da vida né?

A Múmia sem dúvidas surpreende, principalmente por ele aparentar ser bem previsível e não ser, eu fiquei feliz, porém não satisfeito com a forma que o filme termina, mas isso não tira muito da história não. Não esquecendo que esse é o primeiro filme da franquia Dark Universe que a Universal está querendo trazer pro cinema então tem muito mais por vir.

Observações:
— O próximo filme da franquia Drak Universe é A Noiva de Frankenstein;
— Sério, tudo isso para ela ser posta de escanteio no final? Sem importância nenhuma? Continuei achando o destino injusto com ela... mas okay né?;
— Achei forçado mostrar uma "nudes" do Tom Cruise;
— Já notaram que os atores ficam mais velhos, mas as atrizes sempre são jovens?;
— Quase cantei "Thriller" no cinema hahahah;
— Olha é uma prisão, okay, vamos libertar o que tá ai então... pff;
— Chris melhor personagem do filme rsrs;
— Vlad Setpae, obrigado pela companhia, love you.

Classificando:


Nenhum comentário:

Postar um comentário