19 de março de 2018

Resenhando Filme: O Touro Ferdinando

Título: O Touro Ferdinando (Ferdinand)
Direção: Carlos Saldanha
Gênero: Animação
Duração: 108 Min
Lançamento: 11 de Janeiro de 2018
Ferdinando é um touro com um temperamento calmo e tranquilo, que prefere sentar-se embaixo de uma árvore e relaxar ao invés de correr por aí bufando e batendo cabeça com outros touros. A medida que vai crescendo, ele se torna um touro forte e grande, mas com o mesmo pensamento. Quando cinco homens vão até sua fazenda para escolher o maior, melhor e mais forte animal para touradas em Madri, Ferdinando é escolhido acidentalmente.



Eu ouvi muito sobre o touro Ferdinando, quem assistiu Um Sonho Possível com a maravilhosa Sandra Bullock com certeza deve me entender, então fiquei bem feliz quando anunciaram o filme sobre a história dele, e claro que eu não iria perder a oportunidade de ir conferir o filme no cinema não é mesmo.

Na fazenda em que Ferdinando nasceu é uma honra ser escolhido para ser levado a tourada, os touros  disputam entre si para demonstrar suas qualidades, e assim serem escolhidos para receber tal honra. Ferdinando ainda é um bezerro, mas já se pode perceber que ele não faz muito o tipo touro de briga, ele é calmo e não gosta nem um pouco de violência e isso é mal visto entre os outros touros da fazenda.

Ferdinando acaba fugindo da fazenda e chega numa pequena chácara produtora de flores, esse lugar é a realização dos sonhos de Ferdinando que tanto ama flores e toda sua delicadeza, na chácara vivem uma garota e sua pai que acabam por criar Ferdinando como um bicho de estimação, lhe dando carinho e amor, que ele sempre sonhou em receber.

Ferdinando cresce como um touro grande e robusto, continua carinhoso e tranquilo como sempre foi e cada vez mais amado pela sua dona. Mas depois de um mal entendido Ferdinando acaba sendo separado de sua dona e levado para a fazenda em que nasceu, lá ele acaba reencontrando antigos conhecidos e logo descobre que um novo touro será escolhido para ser levado a tourada, e tudo o que ele mais quer é voltar para sua casa de volta para sua dona e suas flores.

Devo dizer que eu esperava um pouco mais do filme, achei o roteiro um pouco previsível, mas ainda assim com uma história muito gostosa, os personagens secundários são muito cativantes e cada um tem o seu papel muito bem estabelecido dentro da trama, mas além disso o filme também levanta a bandeira dos direitos dos animais e isso é muito interessante. A trilha sonora do filme é recheada de músicas boas, a dublagem brasileira do filme ficou muito boa, além do filme ter ótimos momentos que te farão dar boas risadas.

O Touro Ferdinando tem suas falhas, mas muito se deve ao fato de que o filme advém de uma adaptação literária de história curta, então os roteiristas tiveram que se desdobrar para conseguir fazer a história "durar", mesmo com seus pequenos problemas o filme é encantador e tocante, sem dúvidas vale muito a pena ver.

Observações:
— O diretor do filme é brasileiro tá?;
— Quem encontrou as latas de Guaraná Antártica no filme?;
— Imagina minha cara quando os touros diziam que era uma honra ir pras touradas 😞;
— Tadinho do Ferdinando, só queria cheirar umas florzinhas;
— Os outros touros são muito engraçados gente;
— A cabra é a melhor personagem de todos;
— Os cavalos estrangeiros, relacionamento de amor e ódio com eles kkkk;
— Nath Obrigado pela ótima companhia.

Classificando:



Nenhum comentário:

Postar um comentário