12 de março de 2018

Resenhando Filme: Star Wars: Os Últimos Jedi

Título: Star Wars: Os Últimos Jedi (Star Wars: The Last Jedi)
Direção: Rian Johnson
Gênero: Ficção científica
Duração: 152 min.
Lançamento: 14 de Dezembro de 2017
Já Assisti: Star Wars: O Despertar da Força
Após encontrar o mítico e recluso Luke Skywalker (Mark Hammil) em uma ilha isolada, a jovem Rey (Daisy Ridley) busca entender o balanço da Força a partir dos ensinamentos do mestre jedi. Paralelamente, o Primeiro Império de Kylo Ren (Adam Driver) se reorganiza para enfrentar a Aliança Rebelde. 



Acho que Star Wars é tipo droga, depois que a gente experimenta não quer mais largar né? É assim que me sinto, porque agora quando um novo filme vai ser lançado eu fico super ansioso para poder ver e não foi muito diferente com esse daqui, principalmente porque eu estava muito ansioso para saber o que viria logo depois dos acontecimento do último filme.

Rey finalmente consegue encontrar Luke Skywalker o famoso jedi o qual ela esperava que lhe ensinasse o caminho Jedi, mas, Luke se isolou exatamente para não precisar voltar a ouvir sobre os jedi e com isso ele se mostra completamente resistente em se tornar o mestre de Rey, mas ela não desiste de tentar fazer com que ele mude de ideia e lhe treine.

Enquanto isso o Primeiro Império se prepara para atacar a Aliança Rebelde e está se organiza para bater em retirada e evitar o embate, porém, eles não conseguem escapar a tempo e o embate entre eles se inicia, o que resta a Aliança Rebelde é encontrar uma forma de escapar perdendo o mínimo de vidas possível.

Depois de muita insistência Rey consegue fazer com que Luke se torne seu mestre, ele começa a treiná-la, mas a coisas não são bem como esperado tanto para Rey quanto para Luke, principalmente devido aos segredos e desejos que cada um deles guarda dentro de si.

Mesmo depois de meses tendo visto esse filme, até hoje não sei como reagir a ele, senti tantas emoções ao assisti-lo, ele é uma ótima continuação e trás algumas respostas importantes para as nossas dúvidas, mas senti que ele se prolongou demais em alguns momentos e isso me deixou levemente entediado. A trilha sonora do filme está fantástica não a toa que recebeu indicação ao Oscar, os efeitos especiais também estava impecáveis e a fotografia é sempre de tirar o fôlego, mas eu sempre adoro mesmo os figurinos de Star Wars.

Star Wars: Os Últimos Jedi é um filme muito bom mesmo eu tendo achado que ele se prolongou demais em alguns momentos, isso não tirou nem um pouco o brilho que o filme tem, ele cumpre seu papal como uma ótima continuação e abre muitas premissas para uma continuação.

Observações:
— Algumas cenas realmente me deixaram desesperado;
— Pensei que teria meu shipp concretizado nesse filme, não aconteceu;
— Meu deus aqueles cães/lobos de cristais de sal, eu quero um!!;
— Nunca ceda a desejos obscuros;
— Eu ri demais com a Rey sendo desastrada kkkkk;
— BB-8 melhor personagem;
Leya muito rainha bicho;
— Vlad uma ótima companhia sempre ♥.

Classificando:

Nenhum comentário:

Postar um comentário